STF julga caso de Flávio Bolsonaro em 31 de agosto

Julgamento do filho do presidente Jair Bolsonaro está relacionado ao caso das ‘rachadinhas’ na Alerj; Gilmar Mendes será o relator

Tânia Rêgo/Agência Brasil

Jornal GGN – O julgamento do recurso do Ministério Público do Rio de Janeiro sobre o foro privilegiado do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) foi agendado para o dia 31 de agosto pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF).

O caso em questão está relacionado com a investigação das “rachadinhas” em seu gabinete durante seu mandato como deputado na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). O objetivo do julgamento é saber se o filho do presidente Jair Bolsonaro poderia ter tramitado por um juiz de primeira instância ou se deveria ter sido avaliado pelo órgão especial do TJ do Rio.

Clique aqui e veja como ajudar o jornalismo independente do GGN

Reportagem do jornal O Globo ressalta que a presidência da Segunda Turma foi assumida pelo ministro Nunes Marques, indicado por Bolsonaro em setembro do ano passado, enquanto o relator do caso será o ministro Gilmar Mendes.

A Segunda Turma também é composta pelos ministros Ricardo Lewandowski e Edson Fachin – o colegiado possui um ministro a menos, uma vez que a ministra Cármen Lúcia saiu para a Primeira Turma e a vaga deve ser preenchida pelo próximo ministro a tomar posse.

Leia Também

Menos feijão, mais fuzil: Bolsonaro defende armar “todo mundo” e diz que há um “câncer” no TSE

Renan Bolsonaro e Ana Cristina, ex de Jair, se mudam para mansão de R$ 3 milhões

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora