Um pedido de impeachment contra Bolsonaro é protocolado a cada 11 dias

Ao todo, foram 68 processos desde posse do atual presidente, mas pulverização pode ajudar a explicar falta de crescimento da pressão contra governo

Jornal GGN – A rejeição ao governo de Jair Bolsonaro se reflete no número de pedidos de impeachment protocolados na Câmara dos Deputados – em média, foi um processo protocolado a cada 11 dias.

Ao todo, foram 68 processos protocolados entre a posse de Bolsonaro e a primeira semana de fevereiro. De forma geral, são pedidos independentes, apresentados em momentos distintos e por motivações diversas, mas sem uma grande articulação entre esses setores contra Bolsonaro.

Embora tal situação mostre o descontentamento de forma mais generalizada, tal pulverização pode se configurar em um ponto contra o crescimento da pressão contra o governo, na visão do jornal Folha de São Paulo.

Segundo a legislação brasileira, é de responsabilidade do presidente da Câmara dos Deputados decidir, monocraticamente, se existem elementos jurídicos para dar andamento ao pedido. Em seguida, o impeachment só é autorizado a ser aberto com aval de pelo menos dois terços dos deputados (342 de 513) após votação em comissão especial. O presidente é afastado do cargo depois que o processo é aberto no Senado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora