Vice-presidente do CFM é bolsonarista filiado ao PSL

Emmanuel Fortes é o terceiro vice-presidente do Conselho Federal de Medicina, e tenta emplacar seu nome na política

Emmanuel Fortes, vice-presidente do Conselho Federal de Medicina, e o presidente Jair Bolsonaro. Foto: Reprodução/Facebook Emmanuel Fortes

Jornal GGN – Embora o Conselho Federal de Medicina (CFM) tenha tentado se manter discreto quanto ao seu posicionamento político, tal discrição não tem sido adotada pelo terceiro vice-presidente da entidade, o psiquiatra Emmanuel Fortes, que tenta há três eleições ingressar na carreira política.

Reportagem do jornal O Globo revela que Fortes é filiado ao PSL e tentou ser vice-prefeito de Maceió em 2020. Em 2018, concorreu a deputado federal pelo PRTB. E, em 2012, disputou a prefeitura de Pilar, na Região Metropolitana da capital alagoana. Em nenhuma das disputas conseguiu voto suficiente.

Clique aqui e colabore com o jornalismo independente do GGN

Além disso, Fortes também não esconde seu posicionamento político: votou no presidente Jair Bolsonaro nas últimas eleições e segue defendendo o atual governo.

Um dos grandes defensores do tratamento precoce, Emmanuel Fortes foi o representante do CFM na reunião realizada pela secretária de Gestão e Trabalho Mayra Pinheiro (a “capitã cloroquina”) em julho de 2020, que buscou estimular o uso da cloroquina no tratamento contra a covid-19.  Ele seguiu incentivando o uso do medicamento mesmo com a falta de comprovação científica.

Leia Também

Freixo aciona MPF contra troca de delegado da PF que investigava o clã Bolsonaro

Toffoli arquiva pedidos de investigação contra Guedes e Campos Neto sobre offshore

Allan dos Santos influenciou Bolsonaro a dar golpe de Estado, aponta PF

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome