Anvisa autoriza testes de mais duas vacinas contra o coronavírus no Brasil

As vacinas que apresentaram resultados positivos estão sendo desenvolvidas pelo laboratório norte-americano Pfizer e pela alemã BioNTech

Imagem: IANS

Jornal GGN – Com as duas vacinas mostrando-se inicialmente eficazes e seguras contra o coronavírus, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o início dos testes no Brasil.

As vacinas que apresentaram resultados positivos, a BNT162b1 e a BNT162b2, estão sendo desenvolvidas pelo laboratório norte-americano Pfizer e pela alemã BioNTech. Ambas usam como base o ácido ribonucleico (RNA), que codifica um antígeno específico do novo coronavírus. Ao entrar em contato com o organismo, o corpo produz proteínas que ativam resposta imunológica.

A Anvisa autorizou os testes em 29 mil voluntários no Brasil, nos estados de São Paulo e Bahia. Os centros que conduzem a pesquisa serão responsáveis por recrutar os voluntários. Na Alemanha, os resultados para a vacina foram positivos em 60 voluntários saudáveis testados.

Não é o primeiro teste autorizado pela Anvisa de vacinas contra o coronavírus no país. No início de junho, a agência já havia autorizado o ensaio clínico da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, e no início deste mês, outra vacina desenvolvida pela chinesa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. Tá barato testar aqui, pela relação de 60 testes na Alemanha e 29 mil aqui. Imagino que na Alemanha não daria para fazer mil. Parece um bom negócio, você tem o vírus e os “recursos” baratos.

  2. E o Brasil faz a sua parte no esforço mundial contra a Covid-19: enquanto outros países pesquisam vacinas, o Brasil fornece cobaias humanas. É o que restou….

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome