Bolsonaro diz que pessoa com HIV ‘é uma despesa para todos aqui no Brasil’

E, não satisfeito, deu como exemplo o suposto caso de uma jovem que teve o segundo filho aos 15 anos e que contraiu HIV na terceira gravidez.

Jornal GGN – E a Damares criou o programa de abstinência para tentar barrar o apoio que o PT deu para o ‘vale tudo’ que chegou a um ponto de ‘depravação total’. É o presidente brasileiro Jair Bolsonaro defendendo a campanha de abstinência da ministra Damares Alves.

‘Uma pessoa com HIV, além de ser um problema sério para ela, é uma despesa para todos aqui no Brasil’, disse o mandatário. E, não satisfeito, deu como exemplo o suposto caso de uma jovem que teve o segundo filho aos 15 anos e que contraiu HIV na terceira gravidez.

O programa de Damares é todo baseado em achismo, em religião e não tem suporte científico, por isso as defensorias públicas da União e de São Paulo recomendaram que não fosse levada adiante.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. Pois é! Auxílio moradia para quem tem moradia(S), para “comer gente” também é despesa (imoral), Assim como verbas de gabinete e outros benefícios e privilégios que o adolinquente, digo presidente, usufruiu (e continua) durante décadas em seu ótimo “emprego” de parlamentar inútil (e treteiro), sendo ainda capetão reformado!
    Ou seja, um ex-sindicalista militar, julgado por terrorismo e “$ó pen$ar em aumento de $oldo”, que
    VIVEU A VIDA TODA DE DINHEIRO PÚBLICO.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome