Chefe da OMS lamenta decisão americana de retirar financiamento

Medida anunciada por Donald Trump nesta terça-feira é alvo de críticas generalizadas; diretor-geral pediu união global para combater pandemia

Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS). Foto: Reprodução/Nações Unidas

Jornal GGN – O chefe da OMS (Organização Mundial da Saúde) lamentou a decisão tomada por Donald Trump nesta terça-feira, e pediu a união global para o combate à pandemia global de coronavírus.

“Os Estados Unidos da América são um amigo de longa data e generoso da OMS e esperamos que continue assim”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em entrevista coletiva, segundo informações da agência de notícias Reuters. “Lamentamos a decisão do presidente dos Estados Unidos de suspender o financiamento à OMS.”

Tedros acrescentou que a entidade está revisando o impacto da retirada de recursos americanos, e declarou que o trabalho continuará com outros parceiros que possam preencher quaisquer lacunas que venham a aparecer, de forma a “garantir que nosso trabalho continue ininterrupto”.

David Nabarro, enviado especial da OMS sobre a Covid-19, pediu em uma conferência online que os países se concentrem em derrotar o vírus. “Há um ou dois países que parecem bastante preocupados com as ações que foram tomadas no início da pandemia… Dizemos a todos, imploramos a todos, olhem adiante. Concentrem-se na luta agora e deixem as recriminações para mais tarde”, disse Nabarro, sem citar os Estados Unidos ou Trump.

Os Estados Unidos são o maior doador individual da OMS, ao colaborar com mais de US$ 400 milhões apenas em 2019, valor equivalente a 15% do orçamento. A decisão de Trump de suspender o financiamento para o tratamento da pandemia gerou críticas de diversos líderes, principalmente em um contexto onde as infecções globais ultrapassaram a marca de 2 milhões de registros.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome