Coronavírus: 563 mortos por vírus na China e aparecem mais casos no navio

Mais dez pessoas, no Diamond Princess, que está isolado no porto japonês de Yokohama, ao sul de Tóquio, deram positivo para o coronavírus, informou o Ministério da Saúde do Japão, elevando o número total de casos para 20.

Jornal GGN – Nesta quinta-feira foram reportados mais 73 casos de morte por coronavírus na China, que chega a 563 no total. Foi o terceiro maior aumento diário de mortes pelo vírus. Especialistas intensificam esforços para encontrar uma vacina para a doença que atinge cidades chinesas e forçou milhares de pessoas a entrar em quarentena em todo o mundo.

Hubei, no centro da China, está quase isolada há duas semanas, com estações ferroviárias e aeroportos fechados e com as estradas bloqueadas. O vírus, semelhante à gripe, foi identificado pela primeira vez na capital da província de Hubei, Wuhan, e acredita-se que tenha se originado em um mercado de frutos do mar da cidade.

Duas mortes ocorreram fora da China continental – nas Filipinas e Hong Kong – envolvendo pessoas que estiveram em Wuhan.

Estrangeiros foram evacuados da cidade e colocados em centros de quarentena ao redor do mundo e milhares de passageiros e tripulantes estavam confinados em dois navios de cruzeiro no Japão e em Hong Kong.

Mais dez pessoas, no Diamond Princess, que está isolado no porto japonês de Yokohama, ao sul de Tóquio, deram positivo para o coronavírus, informou o Ministério da Saúde do Japão, elevando o número total de casos para 20.

Cerca de 3.700 pessoas estão em quarentena no navio depois que um homem de 80 anos, de Hong Kong, que viajou nele no final do mês passado, deu positivo. O Al-Jazeera, através de seu correspondente Fadi Salameh, informou que as autoridades entregariam 7 mil máscaras às pessoas a bordo.

‘Especialistas temem que o vírus possa se espalhar em um espaço tão congestionado e fechado’, disse Salameh. ‘Eles também aconselharam os passageiros a não deixarem seus quartos

Alguns dos passageiros esperavam ser evacuados, sendo tratados em hospitais.

Em Hong Kong, 3.600 passageiros e tripulantes permanecem em quarentena em seu navio – o World Dream – depois que três pessoas a bordo foram diagnosticadas com coronavírus.

Nos Estados Unidos, 350 nacionais resgatados de Wuhan foram colocados em quarentena em duas bases militares na Califórnia, elevando para cerca de 400 o número de pessoas sob cuidados dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC). Esta é a primeira quarentena de saúde pública em 50 anos.

Dezenas de companhias aéreas suspenderam ou restringiram voos para a China e, vários países, incluindo os EUA, proibiram a entrada de quem esteve na China nas duas semanas anteriores.

Hong Kong disse que todos os visitantes da China continental ficariam em quarentena por duas semanas, e Taiwan estendeu a proibição de entrada de estrangeiros que estiveram na China nos últimos 14 dias para incluir os de Hong Kong e Macau.

Nos dias 11 e 12 de fevereiro, centenas de especialistas se reunirão em Genebra na tentativa de encontrar uma maneira de combater o surto, acelerando a pesquisa de medicamentos e vacinas, disse a Organização Mundial de Saúde (OMS). Uma equipe multinacional liderada pela OMS iria para a China ‘muito em breve’, acrescentou.

O porta-voz da OMS Tarik Jasarevic disse que ainda não há uma terapêutica eficaz conhecida contra esse 2019-nCov (vírus).

Enquanto a maioria das pessoas infectadas pelo vírus se recupera rapidamente com apenas sintomas leves, o vírus pode levar a pneumonia e outras doenças respiratórias graves. Ainda é muito cedo para saber qual será a taxa de mortalidade da infecção, pois é provável que haja muitos casos de doenças mais leves que se tornem indetectáveis

A Comissão Nacional de Saúde da China disse que mais 5.694 casos de coronavírus foram registrados em todo o país em 5 de fevereiro, elevando o total para 28.018. Foi o primeiro dia de uma semana em que novos casos diários caíram na China.

Houve 258 casos relatados em 31 outros países e regiões fora da China continental, de acordo com um relatório da Reuters baseado em declarações oficiais.

Com informações da Al-Jazeera

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

3 comentários

  1. Epidemia em tempos de globalização e explosões demográficas é assunto muito mais que sério e o mundo está cansado de saber e de ser a principal vítima, seja ela de onde for. Tudo que deveria ser feito, quando sinais de uma epidemia são claramente expostos ao mundo científico, não foi realizado de imediato pela China, que por su vez, também não foi cobrada no tempo de segurança nacessario para evitar o mal maior. Aínda que um pouco atrasada, a responsabilidade derrotou uma política errada, mas não evitou que muitas vidas fossem perdidas gratuitamente.

  2. Da Xinhuanet(tradutor google online)
    PEQUIM, 5 de fevereiro (Xinhua) – Foi aprovado o registro para ensaios clínicos do remédio antiviral Remdesivir, e o primeiro lote de pacientes com pneumonia infectados pelo novo coronavírus (2019-nCoV) deve começar a tomar o medicamento na quinta-feira , de acordo com uma conferência oficial quarta-feira.

    A aprovação é apoiada conjuntamente pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MOST), Comissão Nacional de Saúde e Administração Nacional de Produtos Médicos.

    O remdesivir é um medicamento desenvolvido pela Gilead Sciences, uma empresa farmacêutica americana, disse Cao Bin, chefe do programa de ensaios clínicos do medicamento, na conferência realizada pela MOST no Hospital Wuhan Jinyintan, na província central de Hubei, na China.

    O medicamento demonstrou boa atividade antiviral contra o SARS e o coronavírus MERS em experimentos anteriores com células e animais. Seus ensaios clínicos contra infecções por Ebola foram realizados no exterior. Em pesquisas domésticas relacionadas, também mostrou boa atividade antiviral contra o 2019-nCoV no nível celular, disse Cao.

    Um total de 761 pacientes foram incluídos nos ensaios, que adotarão um método de estudo randomizado, duplo-cego e controlado por placebo.

    Os ensaios, liderados pelo Hospital da Amizade China-Japão e pelo Instituto de Medicina Médica da Academia Chinesa de Ciências Médicas (CAMS), serão realizados em vários hospitais de Wuhan, incluindo o Hospital Wuhan Jinyintan.

    As esperanças foram atenuadas com a droga, mas temos que esperar pelos resultados de sua real eficácia nos ensaios clínicos, disse Wang Chen, vice-presidente da Academia Chinesa de Engenharia e presidente do CAMS.
    Antiviral drug Remdesivir to be applied in clinical trials Thursday
    Source: Xinhua| 2020-02-06 00:17:46|Editor: huaxia

    BEIJING, Feb. 5 (Xinhua) — The registration for clinical trials on the antiviral drug Remdesivir has been approved, and the first batch of pneumonia patients infected by the novel coronavirus (2019-nCoV) are expected to start taking the drug on Thursday, according to an official conference Wednesday.

    The approval is jointly supported by the Ministry of Science and Technology (MOST), the National Health Commission and the National Medical Products Administration.

    Remdesivir is a drug developed by Gilead Sciences, an American pharmaceutical company, said Cao Bin, head of the drug’s clinical trial program, at the conference held by the MOST at the Wuhan Jinyintan Hospital, central China’s Hubei Province.

    The drug has shown good antiviral activity against SARS and MERS coronavirus in previous cell and animal experiments. Its clinical trials against Ebola infections have been conducted abroad. In related domestic research, it has also shown fairly good antiviral activity against the 2019-nCoV at the cellular level, said Cao.

    A total of 761 patients have been enrolled in the trials, which will adopt a randomized, double-blind and placebo-controlled study method.

    The trials, led by the China-Japan Friendship Hospital and the Institute of Materia Medica under the Chinese Academy of Medical Sciences (CAMS), will be conducted in several hospitals in Wuhan, including the Wuhan Jinyintan Hospital.

    Hopes have been pinned on the drug, but we have to wait for results of its actual effectiveness in the clinical trials, said Wang Chen, vice president of the Chinese Academy of Engineering and president of the CAMS.

    http://www.xinhuanet.com/english/2020-02/06/c_138758820.htm

  3. Da Xinhuanet(tradutor google online)
    “Casos suspeitos com características de imagem de pneumonia” se tornam critérios de diagnóstico clínico de Hubei
    2020-02-06 16:05:32 Fonte: Xinhuanet
    Agência de Notícias Xinhua, Wuhan, 6 de fevereiro (Repórteres Li Changzheng e Liao Jun) “Plano de diagnóstico e tratamento de pneumonite para novo tipo de infecção por coronavírus (implementação experimental da quinta edição)”, incluindo “casos suspeitos com características de imagem por pneumonia” como padrão de caso de diagnóstico clínico na província de Hubei Isso sugere que o diagnóstico de novo coronavírus na área de Hubei não depende mais dos resultados dos testes de ácido nucleico.

    No dia seguinte, o professor Zhang Xiaochun, vice-diretor do Departamento de Imagens Médicas do Hospital Zhongnan da Universidade de Wuhan, publicou uma declaração em um círculo de amigos “recomendando fortemente a tomografia computadorizada como o método de diagnóstico preferido atualmente para pneumonia por novas infecções por coronavírus”, o que atraiu grande atenção do público.

    “Isso se baseia na ciência médica e na experiência clínica”. Zhang Xiaochun declarou publicamente no dia 5 que “o teste de ácido nucleico viral é o padrão-ouro para o diagnóstico não invasivo de pneumonia na nova infecção por coronavírus. No entanto, os resultados do teste são ‘CT positivo, negativo para ácido nucleico'”. Como resultado, isso pode afetar as investigações clínicas. Atualmente, a especificidade e a baixa sensibilidade da detecção de ácidos nucléicos não descartam a existência de alguns falsos negativos “.

    Ela acredita que o novo coronavírus foi descoberto em breve e é necessário um processo de reconhecimento para detecção e diagnóstico, juntamente com o curto tempo de desenvolvimento dos kits de ácido nucleico, a escassez de equipes de amostragem existentes, o tempo relativamente longo de testes e outros fatores, um grande número de contatos próximos a curto prazo. Existem algumas dificuldades na observação familiar e na detecção de pacientes altamente suspeitos.

    “O exame por tomografia computadorizada é conveniente, rápido e intuitivo. É fácil ser popularizado em hospitais de base. Embora a tomografia computadorizada seja apenas um método auxiliar de diagnóstico, na sombria situação atual de prevenção e controle, a prevenção e controle em Wuhan e em outras regiões devem adotar o método não convencional de ‘não perca um’.” Reduza a infecção cruzada “, disse Zhang Xiaochun.

    笑 Zhang Xiaochun lembrou que pacientes com CT positivo e teste de ácido nucleico viral também devem ser incluídos no tratamento de isolamento.Em um período muito longo, seria melhor evitar erros, mesmo para outros patógenos, como pneumonia, eles se beneficiariam do tratamento oportuno. Dessa forma, a fonte da infecção pode ser controlada o mais rápido possível, e a rota de transmissão pode ser cortada, para que o maior número possível de pessoas não seja infectada e os pacientes assintomáticos com infecção possam ser detectados e tratados precocemente.

    教授 O professor Xu Haibo, diretor do Departamento de Imagem Médica do Hospital Zhongnan da Universidade de Wuhan e vice-presidente do Comitê de Neurologia da Sociedade Chinesa de Radiologia, disse que a TC é uma ferramenta profissional e baseada em evidências; é também uma diagnóstica e avaliadora. A TC tem vantagens únicas como um diagnóstico rápido. Em áreas com surtos graves, como Hubei, a triagem por TC pode se tornar o método preferido para o diagnóstico de pneumonia devido à nova infecção por coronavírus.

    “疑似病例具肺炎影像学特征”成湖北临床诊断标准
    2020-02-06 16:05:32 来源: 新华网

    新华社武汉2月6日电(记者黎昌政、廖君)《新型冠状病毒感染的肺炎诊疗方案(试行第五版)》,将“疑似病例具有肺炎影像学特征者”作为湖北省临床诊断病例标准,这提示湖北地区新型冠状病毒诊断不再依赖核酸检测结果。

      日前,武汉大学中南医院医学影像科副主任张笑春教授在朋友圈发布“强烈推荐CT影像作为目前新型冠状病毒感染的肺炎首选诊断方法”言论,引起社会广泛关注。

      “这是根据医学科学和临床经验所得。”张笑春5日对此公开说明,“病毒核酸检测是最终确诊新型冠状病毒感染的肺炎无创诊断的金标准,然而检测结果‘CT阳性、核酸阴性’的结果,可能影响临床排查。目前核酸检测特异性高、敏感性偏低,不排除存在部分假阴性。”

      她认为,新型冠状病毒被发现不久,检测和诊疗还需要一个认识的过程,加上核酸试剂盒研发时间较短,现有采样人员紧缺,检测时间相对较长等因素,短期内对大量密切接触、家庭留观及高度疑似患者检测排查存在一定困难。

      “CT检查方便、快捷、直观,在基层医院易于普及。虽然CT只是辅助诊断手段,但在防控形势严峻的今天,武汉等地区的防控必须采取‘不放过一个’的非常规手段,减少交叉感染。”张笑春说。

      张笑春提醒,CT阳性和病毒核酸检测阴性的患者,也要被纳入隔离治疗,非常时期“宁错勿漏”,即使是其他病原体肺炎,也会因为及时治疗而受益。这样才能尽快控制传染源、切断传播途径,使尽可能多的人不被感染,感染的无症状患者能及时被发现和及早治疗。

      武汉大学中南医院医学影像科主任,中华放射学会神经学专委会副主任委员徐海波教授表示,CT既是专业手段,也是循证工具;既是诊断者,也是评价者。CT作为快速诊断有特有优势。在湖北等疫情严重地区,CT筛选或将成为诊断新型冠状病毒感染的肺炎的首选方法

    http://www.xinhuanet.com/health/2020-02/06/c_1125538419.htm

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome