Coronavírus: Bolsonaro usa Prevent Senior para exaltar cloroquina

Presidente usa live do CEO da empresa com Itaú BBA para insistir na aplicação indiscriminada de medicamento, sem atentar às exigências para uso clínico

Jornal GGN – O presidente Jair Bolsonaro voltou a exaltar os resultados do uso da cloroquina no tratamento do coronavírus. Desta vez, Bolsonaro usou como gancho uma live realizada pelo Itaú BBA com o CEO da Prevent Senior, Fernando Parrillo.

Na ocasião, Parrillo apresentou o protocolo usado pelos profissionais da rede para o tratamento da doença, afirmando ter encontrado uma forma de gerenciar o tratamento, e que já deram mais de 400 altas.

Bolsonaro fica restrito apenas aos números apresentados e não apresenta outras informações, exaltando apenas a eficácia do uso do remédio e insinuando que ele pode ser adotado de qualquer maneira, como é possível verificar abaixo em print do Facebook:

Contudo, Bolsonaro não se atentou a outros detalhes: durante a live, realizada na última sexta-feira (17/04), Parrillo explicou que a hidroxicloroquina era administrada nos pacientes a partir do sétimo dia de diagnóstico, mas que ele continuava entubado por 14 dias.

Agora, a empresa começou a utilizar o medicamento no segundo dia de diagnóstico, o total de pacientes internados e entubados registrou uma queda drástica. Médicos do grupo hospitalar chegaram a elaborar um paper a respeito do uso da hidroxicloroquina e da azitromicina para casos suspeitos de covid-19, que pode ser acessado aqui.

A íntegra da live foi publicada no YouTube, e pode ser vista abaixo:

(com informações do Poder360)

 

Leia Também
Xadrez das pesquisas da Prevent sobre o uso da cloroquina, por Luis Nassif
Uso de cloroquina nos primeiros dias de infecção é apoiado por oncologistas
A cloroquina não é a bala de prata que o Bolsonaro diz

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora