Coronavírus: Estudantes de Medicina de Cuba fazem mapeamento de suspeitos da Covid-19

No país são 25 faculdades de Medicina, além da Escola Latino-Americana de Medicina (Elam), frequentada por estudantes estrangeiros. Sem tecnologia de primeiro mundo, a ilha se escuda em uma equipe de profissionais altamente treinada.

Jornal GGN – Estudantes de Medicina de Cuba, cerca de 28 mil, estão indo às casas dos habitantes da ilha na busca de suspeitos de infecção por coronavírus Covid-19. São perguntas básicas, que podem mapear o risco de contaminação.

Cuba foi dos últimos países da América Latina a fechar suas fronteiras para não residentes, em 24 de março. A demora se deu com fitos a preservar o turismo, sua principal atividade econômica. Até agora, Cuba apresenta 186 casos de coronavírus e seis mortes. Outras 2.837 pessoas estão hospitalizadas por precaução.

Esta medida, de colocar estudantes de Medicina no mapeamento de riscos de infecção, é uma forma de se proteger. A ilha tem 82 médicos para cada 10 mil habitantes, o maior índice segundo a OMS.

No país são 25 faculdades de Medicina, além da Escola Latino-Americana de Medicina (Elam), frequentada por estudantes estrangeiros. Sem tecnologia de primeiro mundo, a ilha se escuda em uma equipe de profissionais altamente treinada.

Neste mapeamento, qualquer caso suspeito de tosse ou febre é imediatamente relatado ao centro médico do bairro, e providências são tomadas. Além disso, os cuidados com os idosos, cerca de 20% da população, são aumentados.

As outras medidas tomadas pelo governo cubano para conter o coronavírus são a suspensão de voos internacionais e saída dos barcos estrangeiros das águas da ilha, suspensão do desfile de 1º de maio. Como medida, semana passada o governo isolou turistas e proibiu que cubanos deixassem o país, além de decretar fechamento de escolas e suspensão de transporte público inter-regional.

Leia a matéria completa em O Globo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

3 comentários

  1. Sacanagem escolherem uma foto de um suposto estudante, vestindo camisa com estampa dos EUA. Eu ia compartilhar, mas aí não dá, os bolsominions vão cair de pau.

  2. Cuba tem um hospital oftalmológico todo montado com o estado de arte em equipamentos ópticos alemães. Mesmo no primeiro mundo vai ser dificil encontrar hospital tão bem equipado. Então a idéia de q lhes falta estrutura de 1o mundo deixa a desejar.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome