Coronavírus: Indígenas norte-americanos são atingidos com mais força pelo Covid-19

O estudo mostra que a incidência de casos confirmados entre os que se identificam como nativos norte-americanos ou do Alasca foi 3,5 vezes maior que entre os brancos não hispânicos

Nativos do Alasca se preparando para a cerimônia em homenagem à chegada do Diretor do Censo, Steven Dillingham, na Baía de Toksook, Alasca [AP Photo / Gregory Bull]

Jornal GGN – Relatório do CDC, Centro para Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, demonstrou que a incidência de casos confirmados de Covid-19 entre nativos americanos é 3,5 vezes maior que em brancos não hispânicos.

Os nativos norte-americanos e do Alasca foram os mais atingidos pelo Covid-19 do que a população branca dos EUA e têm maior probabilidade de serem infectados pelo novo coronavírus em uma idade mais jovem, mostrou o estudo do CDC divulgado nesta quarta-feira, dia 19.

O estudo mostra que a incidência de casos confirmados entre os que se identificam como nativos norte-americanos ou do Alasca foi 3,5 vezes maior que entre os brancos não hispânicos, tornando-os um dos grupos de minorias raciais e étnicas de maior risco. O estudo foi feito com dados de 23 estados dos EUA de 22 de janeiro a 3 de julho.

Segundo os dados levantados, os que testaram positivo para o vírus tendiam a ser mais jovens do que pessoas brancas não hispânicas e os pesquisadores descobriram que 12,9% das infecções entre os nativos ocorreram em menores de 18 anos, em comparação com 4,3% entre os bancos não hispânicos.

O estudo acrescentou, ainda, que o cenário se dá pelas desigualdades sociais e de saúde que vêm de longa data e que resultaram em um aumento do risco de infecção e morte por Covid-19 entre as populações indígenas norte-americanas e nativas do Alasca.

Outros fatores, como a dependência de transporte compartilhado, acesso limitado a água corrente e tamanho da família podem aumentar o risco de transmissão do vírus.

O CDC disse que forneceu US $ 200 milhões em financiamento para apoiar tribos e organizações tribais na realização de atividades de preparação e resposta do COVID-19.

Com informações do Al Jazeera.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora