Coronavírus: OMS pede ‘extrema vigilância’ ao findar o confinamento

Governos de todo o mundo estão lutando com a questão de como reabrir suas economias enquanto ainda contêm o Covid-19.

Jornal GGN – A Organização Mundial de Saúde disse que é preciso “extrema vigilância” à medida em que os países começam a sair dos confinamentos, informa a Reuters.

A Alemanha relatou anteriormente uma aceleração em novas infecções por coronavírus depois de tomar as primeiras medidas para facilitar o bloqueio. A Coréia do Sul, outro país que conseguiu limitar infecções por vírus, viu um novo surto em boates.

“Agora estamos vendo alguma esperança, já que muitos países abandonam esses confinamentos”, disse Mike Ryan, chefe do programa de emergências da OMS, em entrevista coletiva online.

“Se a doença persistir em um nível baixo, sem a possibilidade de investigar aglomerações, há sempre a possibilidade de o vírus decolar novamente”, disse ele.

Governos de todo o mundo estão lutando com a questão de como reabrir suas economias enquanto ainda contêm o Covid-19.

O diretor geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse na mesma coletiva que as restrições ao levantamento eram “complexas e difíceis” e que o “levantamento lento e constante dos confinamentos” era fundamental.

Tedros disse que a Alemanha, a Coréia do Sul e a China possuem sistemas para responder a qualquer ressurgimento nos casos.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora