Coronavírus: Os hospitais da rede municipal de São Paulo têm alta de internações

Os números, entre 7 e 13 de novembro, nos hospitais municipais da capital paulista, tiveram alta de 9% nas internações, indo de 556 para 604.

Jornal GGN – O que foi noticiado sobre o aumento de internações por Covid-19 nos hospitais privados de São Paulo agora se volta para a rede pública municipal. A Info Tracker, ferramenta desenvolvida por pesquisadores da Unesp e da USP que monitora o avanço da pandemia no estado, observou que a rede pública teve aumento expressivo de internações por Covid-19.

Os números, entre 7 e 13 de novembro, nos hospitais municipais da capital paulista, tiveram alta de 9% nas internações, indo de 556 para 604.

Na Baixada Santista, o aumento foi de 23% (de 180 para 222), e na região norte da Grande SP, de 37% (19 para 26).

Foi observado também um aumento das internações, dos casos suspeitos (em 50%) e a taxa de aceleração do contágio do coronavírus.

Os dados vêm dos boletins epidemiológicos municipais e são processados por meio de modelagem matemática e inteligência artificial.

Com informações da Folha.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome