Coronavírus: Pandemia pode matar até 190 mil na África, alerta OMS

As projeções fazem parte de um novo estudo da OMS na África, com base em suposições de que medidas de contenção não foram implementadas ou fracassaram

Jornal GGN – O novo coronavírus pode matar entre 83 mil e 190 mil pessoas na África, no primeiro ano, e infectar 29 milhões e 44 milhões, se as medidas de contenção falharem, alerta a Organização Mundial da Saúde (OMS).

As projeções fazem parte de um novo estudo da OMS na África, com base em suposições de que medidas de contenção não foram implementadas ou fracassaram, explicou Matshidiso Moeti, chefe da OMS na África.

Quase todos os países do continente impuseram restrições a reuniões públicas, viagens internacionais e toque e recolher, entre outras medidas destinadas a conter a propagação do vírus. O coronavírus, que atingiu a África mais tarde do que outros continentes, ainda tem as taxas de transmissão mais baixas que em outros lugares.

“A importância de promover medidas efetivas de contenção é cada vez mais crucial, pois a transmissão prolongada e sustentada do vírus pode sobrecarregar seriamente nossos sistemas de saúde”, disse Moeti em comunicado. “Contornar um surto em larga escala é muito mais caro do que as medidas preventivas em andamento que os governos estão adotando para conter a propagação do vírus”, completou.

Com informações da Al Jazeera.

SERGIO MORO É A PAUTA DO NOVO PROJETO JORNALÍSTICO DO GGN.
SAIBA MAIS CLICANDO AQUI

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora