Home Coronavírus Coronavírus: São mais de 55 mil vidas brasileiras perdidas, segundo Consórcio

Coronavírus: São mais de 55 mil vidas brasileiras perdidas, segundo Consórcio

Coronavírus: São mais de 55 mil vidas brasileiras perdidas, segundo Consórcio
Foto Brasil de Fato

Jornal GGN – São 1.228.114 brasileiros infectados e 54.971 vidas perdidas em consequência do novo coronavírus de acordo com os dados do Ministério da saúde desta quinta-feira, 15 de junho.

Os números são inferiores aos dados do Consórcio da grande mídia, feito a partir das informações das secretarias estaduais de saúde. Segundo este levantamento, foram registradas 1.180 novas mortes nas últimas 24 horas, totalizando 55.054 óbitos pela doença.

Segundo a pasta de Bolsonaro, de ontem para hoje, foram registradas 1.141 novas vítimas fatais da covid-19. Com isso, os dois levantamentos registram o terceiro dia consecutivo com mais 1.100 óbitos confirmados em 24 horas.

O Consórcio ainda aponta para 40.673 novos casos confirmados pelos estados desde de ontem, totalizando 1.233.147 diagnósticos positivos do vírus no Brasil.

Já o painel de monitoramento do Ministério da Saúde, soma entre esta quarta e quinta-feira 39.483 novos casos, 673 mil pessoas recuperadas e 499 mil estão em acompanhamento.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

2 COMMENTS

  1. FESTA EM NAPOLI. FESTA EM LIVERPOOL. PRAIAS LOTADAS NA INGLATERRA. E NINGUÉM SABIA QUE GRIPEZINHA DE INVERNO SUMIRIA NO VERÃO? CADE HISTERIA? SUMIU A EUROPA DOS NOTICIÁRIOS !!!

    • Vai morrer mais,pelo menos uns 100 mil e olha q a segunda,terceira,quarta onda nem chegou,se este vírus quando somos infectados por ele temos chances de 1 por cento de morrer,imagina de ele tivesse uma tx de letalidade de 10% ? Não haveria caixão pra tanta gente !!!
      Obs:Nem pensem em sair, não vai dar,#fiqueemcasa !!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

GGN
Sair da versão mobile