Coronavírus: SP amplia medidas de restrição para evitar colapso no sistema de saúde

Governo decreta toque de recolher das 20h às 5h, fecha escolas, proíbe cultos religiosos e futebol; medida será adotada por 15 dias

João Doria (PSDB), governador de São Paulo. Foto: Govesp

Jornal GGN – O sistema de saúde em São Paulo está à beira do colapso por conta do avanço de covid-19, o que levou o governo estadual a anunciar medidas mais rigorosas para restringir a circulação de pessoas.

Em entrevista coletiva, as autoridades anunciaram toque de recolher das 20h às 05h. Neste período, as pessoas poderão ser abordadas para orientação, exceto em aglomerações. A frequência em praias e parques estará fechada.

Na cidade de São Paulo, o transporte coletivo continua funcionando, mas a recomendação é que as empresas adotem horários escalonados para os profissionais.

Os supermercados funcionarão até às 20h – o segmento é enquadrado como serviço essencial, e funciona como horário liberado desde a adoção da fase vermelha, em 06/03. O delivery de alimentos segue permitido, mas a retirada de alimentos e produtos em estabelecimentos está vetada.

Os colégios estaduais serão parcialmente abertos para atender alunos em condição vulnerável que precisem de alimentação. Tal medida será opcional na rede privada, e as regras que limitam a ocupação em 35% permanecem válidas.

Escritórios terão atividades presenciais vetadas, assim como jogos de futebol e cultos religiosos (os fiéis poderão ir rezar individualmente). As lojas de material de construção terão de fechar.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), divulgou um vídeo em suas redes sociais explicando a decisão de adotar medidas mais rigorosas de distanciamento social. “Como governador de São Paulo, vou cumprir o meu dever, a minha obrigação e honrar o cargo que ocupo, mesmo que custe a minha popularidade”, disse. Confira a íntegra abaixo

(Com Folha de São Paulo)

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora