General Pazuello tira dados do Brasil do Mapa da John Hopkins sobre Covid-19

Com os últimos dados  divulgados, é possível desmontar alguns dos sofismas estatísticos levantados pelo general e seus assessores, como o fato do Brasil ter muita morte por ter muita população

Na mais grave atitude até agora adotada no Ministério da Saúde, o general Pazuello retirou os dados de Covid-19 do Brasil das bases de dados internacionais. O mais respeitado deles, o da JOhn Hopkins University, não mostra mais os dados do Brasil.

Ao invés de tirar o Brasil do noticiário, essa atitude aumentará exponencialmente as desconfianças sobre a situação do país, com reflexos inevitáveis no comércio exterior, nos investimentos externos e no turismo. É um desastre total, se a decisão não for revertida.

Com os últimos dados  divulgados, é possível desmontar alguns dos sofismas estatísticos levantados pelo general e seus assessores, como o fato do Brasil ter muita morte por ter muita população. Abaixo, um levantamento que acabei de fazer em cima de bases internacionais.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

15 comentários

  1. segue a lógica da desnecessidade de certidões de óbito, da proibição de velórios e a capitulação automática de morte por covid-19, aprovadas no conselho nacional de justiça. nem Creonte ousou tanto para justificar a tragédia de Sófocles.

    “…e ignorância e ódio lamentam os mortos
    isso é acreditado, isso é acreditado…”

    https://www.youtube.com/watch?v=z1YKfu5sD24

  2. Pois é. Já estamos sob a égide de uma ditadura é tem gente achando que dá para esperar.

    Lamento informar mais não dá para esperar não senhores.

  3. Manifestações pelo Mundo contra o Racismo. Manifestações por toda a Europa. Mas onde está a Covid? Onde está o tal Isolamento? Para onde foi a tal Pandemia e mortes e corpos diários? A Verdade é Libertadora.

  4. “Acho que o exercito brasileiro ensina seus militares a só se esconder e não a enfrentar o inimigo.”

    Voce acha ? Mas, não são todos. Apenas aqueles que fazem ou fizeram parte do exército brasileiro.

  5. Parece evidente. Com a abertura progressiva de atividades econômicas e coletivas, claro que haverá uma explosão dos casos. Coloco “haverá”, mas está havendo.
    Pra quem diz que deve ser respeitada a democracia, um dos seus pilares é a transparência dos dados públicos.
    Por isso, este problema crônico dos governos em todos os níveis de lidar com a Lei de Transparência.

  6. O mais respeitado pra quem?Esta universidade tá fraudando dados adoidado nos EUA e passando pra meio mundo,vai com Deus,aqui no Brasil não, Sebastião!!Precisa.ver quem é q financia esta dita universidade.respeitada!?

  7. Muito bom!
    Mais uma prova da inteligência dos generais brasileiros e de seus aliados pelo mundo!
    Imaginem o incremento que vai dar em nosso turismo?
    Em investimentos externos?
    Vai bombar ainda mais depois das comparações feitas pelo amigo Trump!
    Que se os EUA agissem como o Brasil lá chegariam a 2.000.000 de mortos!
    E a previsão de 5.000 mortos em agosto?
    Vamos bater o recorde em turistas e em investimentos!

  8. Quando a razão desaparece, Quando a vergonha aparece. Mas, quando o desejo de não largar o osso é maior que tudo, só resta a apelação para substituir a total falta de lucidez, de argumento e da competência.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome