GGN Covid Brasil: confira um Raio X da segunda onda no país

Em relação a junho, houve aumento relevante em 5 estados - SC, RS, PR, MS e MG - e aumentos moderados em outros 3 - GO, MT e ES. Nos demais houve queda. No Total Geral, houve queda de 9,9% em relação a junho. Significa que os 5 estados com aumentos relevantes já ingressaram na segunda onda.

Vamos a algumas leituras do Covid-19 Brasil a partir das comparações mensais.

Compare, primeiro, duas tabelas: a variação total de casos no último mês (dez/nov) e nos últimos 6 meses (dez/jun).

Em relação a junho, houve aumento relevante em 5 estados – SC, RS, PR, MS e MG – e aumentos moderados em outros 3 – GO, MT e ES. Nos demais houve queda. No Total Geral, houve queda de 9,9% em relação a junho.

Significa que os 5 estados com aumentos relevantes já ingressaram na segunda onda.

Confira, agora, a variação de casos no último mês, dezembro em relação a novembro.

Há altas expressivas nos 10 estados com maiores altas. Houve queda em apenas 2 estados – AC e RR. No Total Geral, houve aumento de 67,5%. É sinal evidente de uma segunda onda vindo acelerada por aí – e aí sem computar as aglomerações de final de ano.

A mesma conclusão se chega analisando os gráficos de óbitos. A segunda onda de casos chegou em 5 estados. Na de óbitos, pode ser incluído Goiás. No Total Geral, houve queda de 56,3% nos óbitos.

Vamos, agora, à comparação com novembro. Há uma explosão de óbitos em praticamente todos os estados. Apenas Piauí, Maranhão e Goiás registram quedas. No quadro geral, alta de 64,9%.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora