GGN Covid Brasil: Minas tem 6 das 10 regiões com maior crescimento de casos

Nas maiores variações em 28 dias, Minas Gerais apresenta o 1o lugar (Peçanha/São João , o Evangelista), o 5o (Três Pontas), o 6o (Alfenas/Machado), o 7p (São Francisco), o 9o (Santa Maria do Suacui) e o 10o (São Sebastião do Paraiso).

Continua a cair a média diária semanal de casos e óbitos: de 26.811 para 26.771 de novos casos e de 692 para 684 de novos óbitos. Mesmo assim, ainda há estados com aumento expressivo, parte deles por conta da reavaliação das causas de óbitos.

Na análise das regiões geográficas, sul e centro-oeste ainda apresentam curvas elevadas. No sudeste, Minas Gerais continua preocupando.

Mesmo com a queda dos índices gerais, 4 estados ainda apresentaram alto crescimento de novos casos em relação a 14 dias atrás: Amazonas, Roraima, Pará e Acre.        

Em relação aos óbitos houve alto crescimento em 2 estados e crescimento moderado em 2 outros.

Dado relevante é o que mede a população brasilelira em regiões da saúde com altos níveis de crescimento do Covid – mais de 20% em 20 dias. O total vem caindo dia a dia. Atualmente, está em 101 milhões de pessoas.

Nas maiores variações em 28 dias, Minas Gerais apresenta o 1o lugar (Peçanha/São João , o Evangelista), o 5o (Três Pontas), o 6o (Alfenas/Machado), o 7p (São Francisco), o 9o (Santa Maria do Suacui) e o 10o (São Sebastião do Paraiso).

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora