GGN Covid Brasil: prossegue a escalada de aumento de novos casos

Mudamos a métrica de medição da doença. A métrica usualmente adotada pela mídia é a da variação da média em relação a 7 ou 14 dias atrás. A contagem nominal cria distorções.

Imagine um estado com 10 casos per capita e outro com 100. No primeiro caso, se houver um aumento de 10, significará 100% de aumento; no segundo, apenas 10. Se a população de ambos os estados for similar, a métrica distorce os resultados.

Por isso, a melhor maneira de comparar estados consiste em calcular a quantidade e a variação levando em conta a quantidade da população, a chamada métrica per capita.

Pelos dados, percebe-se uma elevação gradativa da média diária semanal. Na nova métrica, percebe-se que os estados mais afetados, em aumento de casos, foram Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte, Paraná, Sergipe e Mato Grosso.

Em relação aos óbitos, há ainda uma redução no curto prazo. Os estados com maior crescimento são Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Sergipe, São Paulo e Paraná.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome