Giro GGN: Saúde no Brasil e mundo

Algumas das notícias de saúde em jornais do Brasil e mundo.

da Folha

Pela primeira vez no século, Brasil não atinge meta para nenhuma das principais vacinas infantis

Cobertura vacinal de bebês e crianças registra queda de até 27% em cinco anos para alguns imunizantes

BRASÍLIA

Pela primeira vez em quase 20 anos, o Brasil não atingiu a meta para nenhuma das principais vacinas indicadas a crianças de até um ano, apontam dados de 2019 do Programa Nacional de Imunizações, analisados pela Folha.

do Medical Xpress

Se reduzir os danos à sociedade é o objetivo, uma análise de custo-benefício mostra que a proibição da cannabis falhou

O caso de um referendo sobre a lei de cannabis da Nova Zelândia já era urgente em 2015, quando a questão supostamente mais urgente era se deveríamos mudar a bandeira. Como argumentei na época, a proibição falhou e estava custando muito mais à sociedade do que a própria droga.

do Medical Xpress

Egito tenta tratamento com plasma para combater pandemia

Mohamed Fathi, um egípcio que se recuperou do COVID-19, estremeceu ao ver tubos correndo em seu braço para doar plasma sanguíneo, mas insistiu: “se eu puder ajudar apenas uma pessoa, isso é uma coisa muito boa”.

do Pharma Times

Verona inicia estudo piloto do potencial inalador COVID-19

A Verona Pharma deu início a um estudo piloto para investigar a eficácia e segurança da ensifentrina administrada por meio da formulação de inalador dosimetrado pressurizado (pMDI) em pacientes hospitalizados com COVID-19.

O estudo dos EUA avaliará o efeito da ensifentrina nos principais desfechos em pacientes hospitalizados com COVID-19, incluindo facilitação da recuperação da infecção viral, melhora do estado clínico e redução do uso de oxigênio suplementar e progressão para ventilação mecânica.

do G1

Covid-19: qual o risco de contágio que cada atividade oferece?

Um gráfico da Associação Médica do Texas (TMA, na sigla em inglês) tornou-se viral nos Estados Unidos e no Reino Unido ao apontar os diferentes graus de risco de contágio por covid-19 que atividades cotidianas compatíveis. A tabela foi elaborada por um grupo de 14 médicos da força-tarefa de covid-19 e do Comitê de Doenças Infecciosas da TMA. São especialistas em saúde pública, epidemiologia e infectologia.

do G1

‘Se as comunidades perceberem que estão obtendo informações politicamente manipuladas ou gerenciadas de forma que distorce evidências, isso volta ao governo politicamente em um estágio posterior’, opinou o diretor de emergências da OMS, Mike Ryan.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora