No último dia do ano, governo simplifica importação de vacinas Covid-19

Uma normativa publicada pelo Ministério da Economia, nesta quinta, inclui as vacinas em uma lista para simplificar a importação, diminuindo burocracias

Foto: Arquivo ABr

Jornal GGN – No último dia do ano, com mais de 194 mil mortos por Covid-19, o governo de Jair Bolsonaro decide simplificar a importação de vacinas, com uma normativa publicada pelo Ministério da Economia, nesta quinta-feira.

A normativa inclui as vacinas contra a Covid-19 em uma lista de produtos com o procedimento simplificado de importação, diminuindo burocracias e agilizando a entrada dos imunizantes no país.

A norma já existente, agora atualizada com as vacinas, autoriza importadores a entregar mercadorias no Brasil antes de a Receita ter que concluir a fiscalização dos documentos e produtos, com o uso de etiquetas especiais ou com inspeção momentânea.

Outros medicamentos que foram amplamente incentivados pelo presidente Jair Bolsonaro para o suposto combate à doença, a cloroquina e a azitromicina, já estavam nessa lista de liberação especial.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora