Painel da FDA recomenda aprovar vacina da Johnson & Johnson

O comitê do FDA desempenha um papel fundamental na aprovação de vacinas nos EUA, verificando se são seguras para uso da população

Foto: Sam Moqadam/Unsplash

do Poder 360

por Sandy Mendes

O comitê consultivo de vacinas da FDA (Food and Drug Administration, em inglês) dos EUA decidiu, por unanimidade, recomendar a aprovação do uso emergencial da vacina Johnson & Johnson, em dose única, na 6ª feira (26.fev.2021). A autorização do uso pela FDA deve ocorrer neste sábado (27.fev).

De acordo com o relatório  (íntegra, em inglês – 980 KB) , a vacina da farmacêutica Janssen, do grupo J&J, demonstrou eficácia de 66% em casos graves e leves de coronavírus e evitou 100% das internações e mortes entre os 21 mil voluntários. A recomendação é de que seja usada em pessoas acima de 18 anos.

A Johnson & Johnson apresentou 2 meses de dados de segurança, mas a agência requer 6 meses para aprovação total. Com o aval da FDA, é previsto o envio de 4 milhões de doses do imunizante para os Estados e centros de saúde.

O comitê do FDA desempenha um papel fundamental na aprovação de vacinas nos EUA, verificando se são seguras para uso da população. Embora a agência reguladora não precise seguir as recomendações do comitê consultivo, geralmente faz isso.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora