Primeiro lote de IFA para vacina Oxford/AstraZeneca chega ao Rio

Material que chegou no aeroporto Tom Jobim-Galeão é suficiente para produzir 2,8 milhões de vacinas contra covid-19

Jornal GGN – O primeiro lote com Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) para produção da vacina Oxford/AstraZeneca contra covid-19 chegou ao Rio de Janeiro neste sábado. O material (cerca de 90 de litros de IFA) é suficiente para a produção de 2,8 milhões de doses de vacina.

Do aeroporto do Rio, o IFA foi levado, em um caminhão frigorífico, para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), sob proteção da Polícia Federal. A remessa foi recebida pelos ministros da Saúde, Eduardo Pazuello, das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade.

Em princípio, haveria duas remessas do ingrediente para o Brasil neste mês, o que foi alterado para três lotes. Segundo a Fiocruz, a divisão da remessa inicial em três lotes foi para otimizar o início da produção industrial, garantindo a fabricação dos lotes necessários à validação do processo produtivo. As chegadas dos próximos lotes estão previstas para os dias 23 e 28 de fevereiro.

Com a chegada do IFA, a previsão da Fiocruz é entregar, em março,15 milhões de doses da vacina ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde. A primeira entrega, com 1 milhão de doses, deverá ocorrer na semana de 15 a 19 de março.

De acordo com a Fiocruz, mesmo que ocorram ajustes no início do cronograma, a produção será redefinida ao longo dos primeiros meses para que seja mantida a meta de 100,4 milhões de doses até julho deste ano. As informações são da Agência Brasil.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora