Região russa ordena vacinação em massa contra a peste bubônica

Autoridades de saúde pública anteriormente apelaram aos residentes das regiões montanhosas de Tuva e Altai para não caçar ou comer marmotas.

do Medical Xpress

Região russa ordena vacinação em massa contra a peste bubônica

O chefe de uma remota região russa disse na quinta-feira que pastores e outros residentes de dois distritos na fronteira com a Mongólia deveriam ser vacinados contra a peste bubônica.

A ordem foi emitida depois que o Ministério da Saúde da Mongólia disse na quarta-feira que a peste bubônica matou um homem no oeste do país. Foi o mais recente em um punhado de casos a surgir lá e na vizinha China neste ano.

O líder da região siberiana de Tuva, Sholban Kara-ool, disse que todos os residentes dos dois distritos fronteiriços da região, Ovyursky e Mongun-Taiginsky, deveriam ser vacinados.

Os dois distritos abrigam cerca de 14.000 pessoas.

“A doença é perigosa”, disse o líder regional em um comunicado pedindo a vacinação de todos os maiores de dois anos e um estoque permanente da vacina.

Autoridades de saúde pública anteriormente apelaram aos residentes das regiões montanhosas de Tuva e Altai para não caçar ou comer marmotas.

A peste bubônica é altamente contagiosa e transmitida entre animais e humanos por meio da picada de pulgas infectadas e do contato com animais infectados, como marmotas.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora