Servidor exonerado diz que há intervenção fardada no Ministério da Saúde

A pandemia avança e, com ela, milhares de mortos. O desmonte promovido por Nelson Teich vai impactar logo mais.

Jornal GGN – Nelson Teich já faz a limpa no Ministério da Saúde, exonerando servidores e trazendo para o seu lado um novo contingente de pessoal. Só que o pessoal arregimentado agora não veste jaleco, veste farda. A informação é da coluna Painel, da Folha.

Segundo relatado por um dos exonerados, Francisco Bernd, funcionário da pasta desde 1985, o Ministério da Saúde está trocando funcionários por militares, o que tem causado estranheza aos técnicos da pasta. A estranheza tem razão de ser já que o país está em meio a uma pandemia e esta intervenção fardada, tanto inédita quanto grave, representa uma manobra sem precedentes.

A pandemia avança e, com ela, milhares de mortos. O desmonte promovido por Nelson Teich vai impactar logo mais. Segundo o servidor Bernd, há diversos grupos técnicos na pasta que foram sendo criados ao longo de vários mandatos e, pela capacidade, incorporados pelos sucessores. O contingente verde-oliva recrutado por Teich, ao contrário, não têm nenhuma experiência histórica na Saúde, diz o servidor. “O próprio Teich não tem experiência em gestão pública”, diz ele.

Teich justificou os militares como sendo craques em organização em meio a um momento difícil, mas Bernd, apesar de torcer pelo sucesso, prevê dificuldades para administrar os repasses para estados e municípios ou mesmo lidar com planejamento do orçamento com as compras chegando.

O ministro Teich disse que a substituição por militares não será definitiva e que, conforme vá se voltando à normalidade, essas pessoas voltarão aos seus postos e os não-militares vão ser alocados para esses postos. ‘Mas é um período de guerra’, disse Teich.

SERGIO MORO É A PAUTA DO NOVO PROJETO JORNALÍSTICO DO GGN.
CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora