Dória vai retirar transporte gratuito a alunos de escolas municipais


Foto: EBC
 
Jornal GGN – Estudantes que vivem a dois quilômetros ou mais de suas escolas em São Paulo terão que escolher entre mudar de escola ou perdem o benefício do Transporte Escolar Gratuito (TEG). A decisão da gestão de João Doria vem sendo denunciada por mães de alunos, que dizem receber comunicados das instituições municipais.
 
Do Agora São Paulo
 
 
Por Regiane Soares
 
A gestão do prefeito João Doria (PSDB) quer transferir alunos de escolas municipais e cortar o TEG (Transporte Escolar Gratuito), oferecido a estudantes que moram a dois quilômetros ou mais do local onde estudam.
 
Pais e mães de alunos afirmam que estão recebendo comunicados das escolas dizendo que, em 2018, seus filhos serão transferidos para um colégio mais perto de suas casas, não necessitando mais do transporte escolar. Caso escolham pela permanência na escola atual, perdem o direito ao benefício.
 
A Secretaria Municipal de Educação, da gestão Doria, diz que desde 2013 a portaria que define as regras para as matrículas prevê que os alunos perderão o TEG se houver uma escola a menos de dois quilômetros da casa da criança e os pais escolherem colégios mais distantes.
 
A Secretaria Municipal da Educação, da gestão João Doria (PSDB), disse que a obrigação da Prefeitura de São Paulo é oferecer escola perto da casa do aluno, “privilegiando o convívio na comunidade”.
 
E quando não há vaga a menos de dois quilômetros, o TEG é utilizado “para garantir que a distância e o deslocamento não impeçam a frequência do aluno às aulas”.
 
“Se a escolha da família for por permanecer na escola mais distante, não fará jus ao programa”, disse, em nota.
 
A secretaria disse ainda que desde 2013 as portarias com as regras da matrícula já determinam a perda do direito em caso de escolha.
 
A secretaria não respondeu quantos alunos vão para a escola com o TEG nem quantos destes deverão ser transferidos de unidade em 2018.
 
Também não informou quanto paga por mês pelo transporte escolar.
 
 

13 comentários

  1. Transporte gratuito que o dória aprova
     Principal >

    O Esforço Para Chegar Até a Escola…

    Adicionar aos Favoritos Vivemos em um mundo de incríveis disparidades. Enquanto alguns poucos desfrutam de uma vida de luxos e privilégios, e nossas crianças vão para a escola sem receios e em segurança, outras devem lutar arduamente para obter um mínimo de benefícios. Na próxima vez em que seus filhos reclamarem de ter que ir à escola, mostre-lhes o que outras crianças, em outras partes do mundo, têm que enfrentar simplesmente para ter acesso à educação. Este é o seu caminho diário para a escola.

     

     

    Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir

     

     

     

    Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir

     

     Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir Curtir 

     

     

  2. Pela votação que este tucano

    Pela votação que este tucano escroto recebeu em todas as regiões é provável que a maioria dessas mães e pais tenham votado nele. Será que aprenderão alguma coisa com essa lição? Eu duvido. Ano que vem tá todo mundo votando em BoçalNatos, Hucks, Alckmins e quiçá, no próprio tucano escroto.

    • Quem semeia vento, colhe tempestade

      Os eleitores da cidade de SP fizeram em 2016 uma escolha política: elegeram Dória do PSDB no primeiro turno.

      A população do Estado de SP fez em 2014 uma escolha política: elegeu Alckmin do PSDB no primeiro turno.

      A população de SP votou em Aécio Neves do PSDB (64% dos votos) para presidente em 2014.

      Estão reclamando do quê ?

  3. doria e outros do gênero

    Nassif,

    Por qual motivo os paulistanos tanto reclamam deste prefeito?

    Deviam se olhar no espelho, pois JDoria não está onde está por conta de pistolão ou desígnio divino, mas porque conseguiu muitos votos, votos de todas as classes sociais da cidade de SP, tanto que nem precisou de segundo turno para derrotar o “petralha”Fernando Haddad, político que segundo a opinião de muitos, mesmo enfrentando com forte campanha midiática em tom sempre bastante negativo, fez um governo de 4 anos bastante correto.

    Se hoje o figuraça governa a cidade de milhões de pessoas a partir de um avião, amanhã poderá governar o patropi a partir de um teco-teco, uma vez que se considera virtual candidato em 208, caso realmente venha a ocorrer uma eleição presidencial. Caso ocorra esta fantástica possibilidade, até onde chegará o camarada, será que dará aquela ração de cachorro para o país inteiro?

    Como se não bastasse tudo o que está acontecendo, a destruição do país em menos de 2 anos, estão no noticiário os nomes de luciano huck, este doria, bolsonaro como presidenciáveis, tres perfeitas zebras quando o assunto é Palácio do Planalto, tres boçais que precisariam delegar quase todas as atribuições relativas a um presidente por não entenderem nada de nada. Esta também era a característica do mineirinho traficante, que não sabe, ou melhor, nunca soube de nada que diga respeito a qualquer assunto técnico-político da vida nacional, ou será que alguém já viu o sujeito-traste debatendo sobre algo em profundidade, com consistência ?

    Este festival de candidatos-animais só ocorrem porque a política nacional, com seus quase 40 partidos políticos, com aqueles 513 mais 82 do Congresso, além dos pulíticos existentes por todos os cantos, com toda esta fartura de “talentos” não é capaz de produzir um candidato viável, isto é, com idéias revamente arejadas, tanto à esquerda nem à direita, ficam todos esperando por Lula, que já se consagrou, ao lado de GVargas, como o melhor político da história deste país, ele que já não é mais nenhuma criança, além de safenado, isto não pode ser real.

    Considero a completa ausência de candidatos viáveis como um acinte à inteligência de um mosquito, sendo este o motivo para que venham a fazer do Grande Lula um semi-deus.      

     

  4. Afinal, existe a tal portaria

    Afinal, existe a tal portaria de 2013? O que ela diz? A preguiça jornalística hoje em dia é tão grande que a existência de um normativo e o seu conteúdo viraram matéria de “opinião”.

  5. Tudo que a direita quer,
    Tudo que a direita quer, menos educação e depois tome sua ração. Seria cômico se não fosse trágico.

    • Já está pronto para criticar
      Já está pronto para criticar o PERFEITO DE SP, mas a reportagem foi esclarecedora,a prefeitura oferece escola próxima a sua residência então não tem necessidade de transporte gratuito, esse direito é reservado para quem não tem o privilégio de ter escola perto de casa.

  6. Em pleno “mercado”

    Menina: mamãe; poupei R$3,80 hoje

    Mamãe: Como?

    Menino: Vim correndo detrás do ônibus….

    A mãe dá um soco na menina e reclama:

    “estúpida! devia ter vindo correndo detrás de um taxi e teria poupado mais de R$50!!!!

  7. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome