Escola Sem Sentido: Projeto mostra ameaças e perseguições sofridas por professores

Vídeo mostra depoimentos reais de professores brasileiros que sofreram perseguições. São profissionais da educação que não foram respeitados nas suas didáticas e opiniões

Do projeto Escola Sem Sentido

Quando políticos, líderes religiosos e pais de alunos limitam o debate na escola, é sinal de que alguma coisa está muito errada. O vídeo mostra depoimentos reais de professores brasileiros que sofreram perseguições. São profissionais da educação que não foram respeitados nas suas didáticas e opiniões.

O projeto Escola Sem Sentido quer dar voz a educadores que passaram por situações semelhantes. Se você já viveu algo parecido, conte-nos a sua história. Você não precisa se identificar (pode usar um pseudônimo), mas a sua participação é muito importante para gente. Em breve, vamos publicar os relatos mais impactantes aqui na página da nossa campanha.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Associação de Pós-Graduandos defende revogação de portaria do CAPES

2 comentários

  1. O braZil “intoxidrogado” dos últimos anos quer escola sem partido, sem sentido, militar (sentido !!!).
    Na verdade, não querem educação e cultura, querem é “treinamento” (para zumbis e mão de obra).
    Nem entrando nesta questão, muito PIOR é:
    Justiça com partido, mídia com partido, rede com partido.
    Num país onde o debate virou xingamento e ataques de torcidas,
    A vaquinha foi pro brejo.
    Literalmente, pras lamas de Brumadinhos e Marianas.

  2. Querem liberdade para doutrinar, professor tem que ensinar.
    Se querem discutir política que abram para todas os seguimentos. Qd aparece alguém de direita sai perseguidos

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome