Instituto Vladimir Herzog e Federação criam canal para ajudar professores ameaçados pela Escola Sem Partido

Do Instituto Vladimir Herzog
 
 
O professor não está só.
 
Nesta semana, foi formada uma rede de proteção para os professores sentirem-se respaldados e poderem exercer a liberdade de cátedra sem pressão.
 
A Federação dos Professores do Estado de São Paulo (FEPESP) e o Instituto Vladimir Herzog formalizaram uma parceria para evitar os assédios e as perseguições aos professores.
 
A liberdade de cátedra é um direito primordial para a atividade docente e está, inclusive, consagrado na Constituição. Não se concebe a atividade docente sem que o professor tenha liberdade total de expressar os conhecimentos das maneiras que ele os vê, respeitando, obviamente, a liberdade dos alunos e viabilizando o diálogo.
 
A partir de agora, o professor que se sentir atingido de maneira explícita ou implícita, através de recomendações dos seus superiores, deve se dirigir à FEPESP por meio do telefone: (11) 5082-5357 ou do e-mail: juridico@fepesp.org.br
 
Com o apoio do Instituto Vladimir Herzog, a FEPESP estará disponível para dar toda a cobertura possível a atender a qualquer denúncia por parte dos professores do estado de São Paulo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  MEC libera R$ 1,1 bilhão para federais e instituições federais

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome