Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal leva eleições para crianças e adolescentes

Por Juliana Sada, do Centro de Referências em Educação Integral

Neste domingo, quase 142 milhões de brasileiros irão às urnas participar das eleições. Apesar de a legislação permitir o voto apenas a partir dos 16 anos, cidadania, responsabilidade e conscientização política são temas que podem e devem ser estimulados desde cedo.

É com este intuito que o Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE/DF) se associa a escolas e leva projetos voltados aos alunos de todas as idades, do ensino fundamental e médio. São três iniciativas, divididas por faixas etárias, que acontecem anualmente. “Temos dois projetos com enfoque na conscientização da importância da política e no exercício da cidadania, e um com enfoque mais imediato no despertar pelo interesse na política”, apresenta o secretário da Escola Judiciária Eleitoral do TER/DF, Ronaldo Franco.

Confira os projetos desenvolvidos pelo TRE em parceria com escolas do Distrito Federal!

Foto: Divulgação TRE/DF

Inclusão social desde a infância

Destinada às crianças do 1 º ao 5º ano do ensino fundamental, a iniciativa almeja instigar a criação de valores que irão embasar a cidadania, por meio de uma atividade divertida e lúdica. Os estudantes são convidados a votar em candidatos, representados por personagens do folclore brasileiro, que debatem temas relevantes da sociedade.

Como ainda são crianças novas, o comício se dá por meio de um teatro de fantoches. São cinco candidatos e cinco temas: a Iara traz as pautas das mulheres; o Curupira defende a natureza; o Saci luta pela inclusão das pessoas com deficiência; o Negrinho do Pastoreio é o candidato da igualdade racial; e a Vitória Régia debate o uso racional da água.

Leia também:  Anisio Teixeira: é a escola pública que constrói e sustenta a democracia

Apesar do caráter lúdico, o texto dos candidatos é de campanha política e os personagens são desempenhados pelos professores ou por funcionários do Tribunal. Após o debate, os estudantes votam em algum dos cinco candidatos em uma urna eletrônica igual à utilizada nas eleições tradicionais.

Clique aqui e saiba mais sobre essa experiência. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

1 comentário

  1. As crianças sempre foram as mais empolgadas com as eleições

    É interessante notar isso, a atenção que, principalmente, as crianças dirigem às eleições. Elas declaram “votos” como se fossem eleitores hehe. É um caso digno de ser estudado. Criança é fascinada por eleição, isso é um fato.

    De resto, muito bacana a iniciativa do TRE/DF. Parabéns.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome