A primeira eleição a gente não esquece, por Ivany Turíbio

A primeira eleição a gente não esquece

por Ivany Turíbio

Ana Carolina Haddad votou pela primeira vez, na manhã deste 2 de outubro, no Colégio Bandeirantes, onde estuda. Chegou acompanhada pela mãe Ana Estela, primeira-dama e coordenadora da São Paulo Carinhosa, e do ex-senador e candidato a vereador, Eduardo Suplicy.

Perguntada por Suplicy como foi a votação, respondeu rápido: “muita emoção”. Não é para menos. Aos 16 anos, Carol votou no pai, dentro da escola que frequenta diariamente, há cinco anos. Sobre a principal transformação na cidade, pensou um pouco. Disse ver muitas. “Eu tenho amigos que estudam em escola pública e agradecem o passe-livre do estudante. E para todas as pessoas, acho que abrir a Paulista, aos domingos, e outras ruas na cidade, foi uma grande mudança”.

A coisa mais importante na vida? “Liberdade”, diz imediatamente. E o que é o São Paulo para ela? “Além de liberdade, é diversidade, porque quando voltei de Brasília (onde morou com a família durante o período que Fernando Haddad foi ministro da Educação), precisava de carro para fazer tudo. Aqui, faço tudo a pé”.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora