Alvo de 9 inquéritos, Aécio cogita candidatura a deputado federal

Foto: George Gianni/PSDB

Jornal GGN – Com uma bagagem de 9 inquéritos e uma denúncia no Supremo Tribunal Federal, Aécio Neves (PSDB) vai se dedicar a reestruturar sua imagem em Minas Gerais na tentativa de lançar uma candidatura a deputado federal em 2018. As informações são da Folha de S. Paulo desta segunda (30).

De acordo com o jornal, aliados de Aécio admitem que ele foi “fragilizado” pelas investigações da Lava Jato e não tem condições de “arriscar” e perder o foro privilegiado com o fim do mandato de senador.

Por isso, ele “dedicará as próximas semanas à reestruturação do partido em Minas Gerais.”

No dia 11 de novembro, o PSDB escolherá em cada estado os presidentes locais do partido. Em 9 de dezembro, a convenção elegerá a nova executiva nacional. Aécio pretende reunir força o suficiente para influenciar nessas eleições internas.

“Conselheiros de Aécio acreditam que, se montar uma estrutura de apoiadores em Minas, ele terá chance de mostrar força no partido e influenciar a escolha do novo presidente do PSDB”, apontou o jornal.

Por enquanto, apenas o governador de Goiás, Marconi Perillo, oficializou que disputará o cargo. Aécio vê com bons olhos a intenção do aliado.

Tasso Jereissati “nega oficialmente ser candidato, mas vem afirmando nos últimos dias que pode atender a um ‘apelo’ de uma ala do PSDB que pede ‘mudanças’ nos caminhos do partido.” 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora