Após missa, Haddad pede paz e promete assistência à infância

Em seu sermão, Crowe lembrou as vítimas da violência, inclusive em campanhas políticas, e o fato de, em 1996, o Jardim Ângela ter sido apontado pela ONU como a região urbana mais violenta do mundo
 
O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, participou de missa em homenagem a Nossa Senhora Aparecida e ao Dia da Criança na Paróquia dos Santos Mártires, no Jardim Ângela, bairro periférico da zona sul paulistana
Haddad foi à missa com a candidata a vice, Manuela d’Ávila, e a mulher, Ana Estela – Rovena Rosa/Agência Brasil
 
 
O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, participou na manhã de hoje (12) de missa em homenagem a Nossa Senhora Aparecida e ao Dia da Criança na Paróquia dos Santos Mártires, no Jardim Ângela, bairro periférico da zona sul paulistana.

Após a cerimônia, que lotou a igreja, Haddad pediu paz e prometeu mais atendimento à infância, se for eleito. 

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, não teve agenda nesta manhã.

Depois da missa, já na rua em frente à igreja, Fernando Haddad lembrou a reunião que teve nesta semana com representantes da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e falou sobre os princípios acordados com a organização religiosa. “Preservar a vida, combater a violência, combater a corrupção, preservar o meio ambiente e garantir a democracia. Alguém é contra isso?”, perguntou Haddad aos presentes, que o aplaudiram. Em seguida, o padre Jaime Crowe manifestou apoio para o candidato petista.

 

Haddad disse que tem como meta colocar toda criança a partir de 4 anos na escola. “Vamos fazer busca ativa de crianças que ainda não estão na escola nesta idade, porque é obrigatória a matrícula desde que eu, como ministro da Educação, propus e foi aprovada a Emenda Constitucional n° 59”, afirmou, em entrevista à imprensa. Durante o ato, entregou ao padre Jaime um livro com os resultados do Projeto São Paulo Carinhosa, executado durante sua gestão na prefeitura de São Paulo.

Em seu sermão, Crowe lembrou as vítimas da violência, inclusive em campanhas políticas, e o fato de, em 1996, o Jardim Ângela ter sido apontado pela Organização das Nações Unidas (ONU) como a região urbana mais violenta do mundo, com 130 mortes a cada 100 mil habitantes.

Naquela década, com apoio da Igreja Católica, foi criado o Fórum em Defesa da Vida, que reúne os moradores do bairro mensalmente para discutir melhorias e formas de promover a paz. Todos os anos, no dia 2 de novembro, a comunidade promove uma caminhada pela paz.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

3 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

AMORAIZA

- 2018-10-12 23:27:07

Olhando a foto
 

Começo a entender a fúria do eleitor do coiso.

"A catedral está cheia de comunistas"

Haddad, Manoela, Suplicy.

Até a imagem da santa está em atitude suspeita.

[video:https://youtu.be/E0OdLX2TR7E]

AMORAIZA

- 2018-10-12 23:17:35

Haddad, o sensato

"Que os seus atos não desmintam as suas palavras.

Porque são os seus atos as testemunhas silenciosas da sua verdade."

Assim caminha silenciosamente o Haddad, sendo apenas ele mesmo.

Enquanto seu adversário chama suas companheiras e colegas de vagabundas; admite que gasta dinheiro público com "sacanagem" e afirma que a existência de sua filha é uma imperdoável fraqueza, Haddad brilha.

Haddad casou-se com a sua namorada de infância em 1988 e com ela  está casado até hoje,sua vida pública e sua carreira são um premiado sucesso, 

Já o seu adversário enfrenta sua namorada de infâmia em meio sucessivos escândalos.

Mal comparando, Haddad é que é o homem de família.

É ele quem trata a todos com amabilidade, ama igualmente seus filhos e filhas, ama a sua esposa, respeita até mesmo os seus adversários e abomina a violência.

Aos poucos o mito vai se  se derretendo  sob o sol  sereno do modo de ser do Haddad.

Ele sim, um homem de bem.

 

  

Josefino Barbacena

- 2018-10-12 20:50:23

É muita cara de pau da atéia

É muita cara de pau da atéia rezando o pai-nosso e se COMUNGANDO!!!!

O QUE ESSA GENTE NÃO FAZ PELO "PUDER"

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador