Equipe de Bolsonaro culpa “Foro de São Paulo” por facada, e PF embarca na tese política

 
Jornal GGN – O tratamento que a equipe de Jair Bolsonaro vem dando ao atentado à faca que ocorreu no dia 6 de setembro, em Minas Gerais, deve acender um sinal de alerta nas candidaturas de esquerdas.
 
Nesta segunda (10), Onyx Lorenzoni, deputado federal e coordenador da campanha, saiu da visita ao Hospital Albert Einstein, onde Bolsonaro está internado após uma cirurgia de reparo no estômago, insinuando que o esfaqueador foi treinado ou influenciado pelo “Foro de São Paulo”. A ideia foi lançada no mesmo dia em que a Polícia Federal confirmou à imprensa que o autor do atentado está sendo investigado com base na Lei de Segurança Nacional, por inconformismo e motivação política.
 
A Folha de S. Paulo, após falar com Lorenzoni, descreveu que países que fazem parte do Foro de São Paulo, “que envolve agremiações de esquerda”, estariam “envolvidos nesse ataque, e os coordenadores de campanha vão pressionar a PF para que isso seja investigado.”
 
“Qual é o último atentado a faca no Brasil? Não existe. No Brasil se mata a bala. Isso precisou de treinamento, de suporte, de apoio. O que foi feito em Juiz de Fora não foi ação isolada de uma pessoa desequilibrada. Entrem na internet e vejam em que países se mata a faca”, disse Lorenzoni ao jornal.
 
Segundo o coordenador da campanha de Bolsonaro, é “prioridade” da campanha pressionar a PF para encaminhar a investigação por crime de motivação política. Os aliados de Bolsonaro não querem saber de qualquer tese que dê à facada um caráter excepcional, isolado, premeditado por um cidadão com perfil psicológico instável.
 
INVESTIGAÇÃO POLÍTICA
 
Adélio de Oliveira, o mineiro que esfaqueou Bolsonaro durante campanha nas ruas de Juiz de Fora, foi preso e indiciado com base no artigo 20 da Lei de Segurança Nacional, que criminaliza quem tenta ou consegue “devastar, saquear, extorquir, roubar, sequestrar, manter em cárcere privado, incendiar, depredar, provocar explosão, praticar atentado pessoal ou atos de terrorismo, por inconformismo político ou para obtenção de fundos destinados à manutenção de organizações políticas clandestinas ou subversivas.”
 
Segundo a PF, a investigação busca “identificar possíveis conexões e motivações do crime” político.
 
Leia, abaixo, a nota da PF:
 
“A Polícia Federal informa que prosseguem as investigações do inquérito policial instaurado após a prisão em flagrante do autor da agressão ao candidato presidencial Jair Messias Bolsonaro. O preso foi indiciado no artigo 20 da Lei de Segurança Nacional.
 
Por meio do inquérito, a PF visa identificar todas as possíveis conexões e motivações do crime, além de esclarecer, em toda a sua extensão, as demais circunstâncias vinculadas ao fato criminoso. Para tal, são realizadas diversas diligências policiais como a coleta de depoimentos, a análise de dados financeiros e de outros dados existentes em imagens, mídias, computadores, telefones e documentos apreendidos.
 
A equipe de policiais da Delegacia da PF em Juiz de Fora/MG conta com o apoio de policiais e recursos da Superintendência Regional de Minas Gerais e também de outras unidades da PF.”

18 comentários

  1. Questão de horas

    para a imprensa fazer o jogo sujo e começar, por meio de narrativas desonestas, a construir o elo do maluco que atacou o Hitler brasileiro com  as esquerdas. Bem fez o Ciro, que percebendo a armadilha já voltou ao ataque.

  2. Já disse. Vou repetir:

    A PF aguarda o resultado do primeiro turno. Se der Ciro, o Adélio esfaqueou a mando do PDT. Se der Haddad, esfaqueou a mando do PT.

    Mas se o Bolsonaro usasse uma meia vivarina por baixo da camiseta, nada disso acontecia…

  3. Todas as hipóteses merecem ser consideradas

    Primeiramente esclareço que na minha opinião houve atentado e não armação como muita gente acha.

    A Policia Federal está fazendo o trabalho dela e precisa levar em conta a hipótese de algo premeditado e com auxilio externo. E já está fazendo isso, ao analisar o histórico bancário e os contatos nos 4 (quatro!) celulares que estavam em posse do autor do atentado. Nenhuma novidade até aqui.

    Outro caminho possível é entender quem está financiando a defesa. Não sei se é fake news ou não mas apareceram mais de um advogado para defender o meliante. Quem está pagando ? Ou tem advogado nessa lista que foi voluntariamente, em troca de tentar aparecer dando entrevista no Jornal Nacional ? O Roberto Podval, ao defender o casal Nardoni adotou claramente essa estratégia, pegou um caso perdido em troca de mídia.

    Enfim, não dá pra descartar nada.

    Na minha opinião foi um ato isolado de um maluco. O próprio amadorismo da tentativa, uso de faca, necessidade de se chegar perto da vítima e total impossibilidade de fugir após o ato me convencem disso. Navalha de Occam meus caros, a hipótese mais simples costuma ser a mais provavel.

    Se alguém quisesse matar qualquer candidato com real chance de êxito usaria arma de fogo à distância. Muitos políticos, como o Bolsonaro no momento do atentado, ficam nas costas de correligionários, com a cabeça sendo um alvo bastante fácil para quem tem treinamento de tiro. 

  4. Estamos vendo se repetir, até
    Estamos vendo se repetir, até de forma mais veloz, o script da ditadura militar de 64: por exemplo a PF atuando como polícia política a serviço do regime golpista

  5. Vai ser fácil…

    Num país onde há uma parte tão grande da população composta por pessoas tão aculturadas, com formação política débil e tão propensas a acreditar em papai noel e salvdores da pátria, é fácil iventar qualquer coisa.

    Ora, não convenceram parte do eleitorado que o cidadão Luís Inácio Lula da Silva era chefe de uma quadrilha poderosa e que apesar de comandar um esquema bilionário de corrupção se locupletou com um tripex de quinta categoria o qual nem poderia vendê-lo, mesmo sendo seu prêmio por “atos indeterminados” ?

    Apesar do registro do sítio de Atibaia estar no nome dos verdadeiros proprietários não bastou mostrar que Dona Marisa comeu um sanduiche na padaria do local para servir de prova inconteste que eles “frequntavam o sítio” regularmente e por isso só poderiam ser o donos ?

    Esta país tá dando dó. E raiva de ter nascido aqui. Na próxima encarnação quero nascer em Uganda.

     

     

  6. Todos sabemos que o esfaqueamento foi orquestrado pela URSAL

    Esse cara é tão psicopata quanto o boçalasno.

    Está totalmente equivocado. Não sabe o que está falando. É um perfeito idiota.

    Todos sabemos que o esfaqueamento foi orquestrado pela URSAL

  7. Uma pista
    Por um acaso o mandante deste crime não seria o dono daqueles 450 kg de cocaína encontrados num helicóptero?

  8. Se a culpa é do Foro de São Paulo, porque não soltam o Adélio?

    Libera o Toim

    (Arriba a Saia)

     

    Sequestraram o Toim, sequestraram o Toim,
    O Toim é meu amigo, eu vou pagar o resgate, eu vou pagar o resgate do seu Toim querido
    Eu nao quero policia pelo meio, que os home é perigoso
    E se matarem o Toim, e se matarem o Toim nao vou comer gostoso Libera o Toim que eu te dou 10 conto, libera o Toim que eu te dou 10 conto
    Libera o Toim que eu te dou 10 conto, libera o Toim que eu te dou 10 conto

  9. Feitiço x feiticeiro

    Convenhamos: o sujeito tem sorte. Tivesse ele e a bancada da bala aprovado a lei que permitiria a população andar armada, Bolsonaro estaria acertando as contas com… Bom, deixa para lá, problema dele.
    Teria sido grande ironia se o cara estivesse armado com arma de fogo. O futuro “Slobodan Milosevic” capitalista da América Latina, que defende a lei do porte de armas, vítima da própria lei que defendeu. A cena provável seria aquela de um dos tiros que matou Kennedy em Dallas no conversível. Uma coisa horrível, mas que demonstraria a insanidade do momento atual em que estamos mergulhados. Está difícil, isto aqui virou um hospício que até maluco duvida. É desempregado defendendo desemprego, funcionário público a privatização e precarização do seu trabalho, maluco fazendo continência para bandeira americana publicamente, e claro, defendendo o direito de armar o país provalvemente mais violento do mundo.
    Confesso que estou assustado. Nunca fomos muito certos, mas agora saiu do controle. Eu me pergunto todos os dias: onde vamos parar?

  10. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome