Equipe de Haddad pede a SBT para manter debate, mesmo se Bolsonaro “fugir”

 
Jornal GGN – O SBT havia reservado a data de amanhã para o debate com Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) para a disputa do segundo turno das eleições 2018. Mas com a provável ausência do candidato da extrema-direita, a assessoria da campanha de Haddad pediu por meio de notificação judicial que a emissora não deixe de realizar o debate, mesmo que seja com a presença somente do candidato do PT.
 
A assessoria jurídica da coligação “O Povo Feliz de Novo” enviou a notificação extra-judicial ao SBT “requerendo que, caso Jair Bolsonaro se recuse a participar de debate entre presidenciáveis promovido pela emissora no dia 17/10, o horário seja reservado para que Haddad conceda uma entrevista à emissora”, informou a coligação, em nota.
 
A equipe de campanha de Haddad questiona a contradição de Jair Bolsonaro de, ao mesmo tempo que não confirma a sua participação no debate e “já deixou evidente em suas redes sociais que não pretende comparecer ao mesmo”, ele ainda assim confirmou participar de uma entrevista ao SBT na véspera.
 
“Bolsonaro só aceita falar sozinho, prefere se esconder nas redes sociais a debater frente a frente com Haddad”, criticou a coligação “O Povo Feliz de Novo”. No documento encaminhado ao SBT, a assessoria jurídica sustenta que “a eventual ausência de Bolsonaro ocorrerá por mera liberalidade e suposta estratégia política”.
 
 

6 comentários

  1. Pois é!

    Ontem o SBT fez uma entrevista só com Bolsonaro, então por que não fazer uma entrevista com Haddad também? Aliás, Bolsonaro está dando entrevista para tudo quanto é canal de TV e Haddad?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome