Militantes tucanos fazem manifesto contra João Dória

Jornal GGN – Cerca de 60 militantes do PSDB na cidade de São Paulo lançaram um manifesto contra o candidato do partido à prefeitura da capital paulista, João Dória Jr. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, os militantes se reuniram em um hotel na manhã deste sábado, em evento organizado por líderes tucanos ainda ligados a Andrea Matarazzo (PSD), vereador e candidato a vice-prefeito na chapa de Marta Suplicy (PMDB).

Ligado a José Serra, Matarazzo era um dos principais nomes do PSDB em São Paulo, até ser derrotado por Dória nas prévias do partido para as eleições paulistanas. Andrea deixou a legenda, acusando o atual candidato tucano de compra de votos. Nesta semana, Alberto Goldman, outro cacique tucano, publicou artigo na Folha de S. Paulo com inúmeras críticas a João Dória. 

O manifesto, chamado de ‘Carta aberta da militância’, ataca João Dória, afirmando “temos um lado, e não é o lado do Doria, do lobby que vicia”. Ainda segundo o Estadão, muitos dos militantes não quiseram ser fotografados, já que são funcionários de vereadores do partido ou tem cargos no governo.

Um dos líderes do movimento anti-Dória é Gláucio Lima França, que foi tesoureiro do diretório municipal do partido e ex-funcionário do gabinete de Matarazzo na Câmara. Ele afirma que seis integrantes da executiva municipal do PSDB deixaram seus cargos. Outro signatário do documento é Elói Estrela, presidente do Tucanafro. 

16 comentários

  1. Se o Haddad for para o

    Se o Haddad for para o segundo turno, o  PIG vai dificultar tudo o que pode e o que não pode, eles vão jogar muito sujo. Mas é que é bom ver esse “fogo amigo”… kkkkk , é.

  2. Se Doria vencer será o

    Se Doria vencer será o potencial candidato a Governador em 2018, seguindo uma tradição de Prefeitos tucanos de SP, irá bater de frente com Alexandre de Moraes, do mesmo ninho e já em campanha.

    • Vencedor ou não, no meu ponto

      Vencedor ou não, no meu ponto de vista ele é o candidato tucano ao governo de SP em 2018. O psdb não tem nenhum nome competitivo para a disputa estadual, os tucanos estão envelhecendo e ficando sem opções.  O tal Alexandre Moraes acredito que ficará pelo caminho, desastrado demais…

  3. E por que Andrea Matarazo ´É

    E por que Andrea Matarazo ´É vice da Marta ?

    Pela rebelião da tucanalhalha não investigada.

    Isso é surreal.

     

  4. Paulistanos!

    Depois dos paulistanos elegerem , Maluf, Pitta , Janio Quadros,Serra  , este farsante do Dória é apenas mais um da lista.

    Viva os paulistanos e sua sabedoria politica!

  5. Com certeza votarão no Haddad
    Soube hoje que Guilherme Boulos abandonou Erundina e tb está defendendo voto útil Haddad.

    São Paulo não merece Dória.

  6. Marta, com o voluntarismo e

    Marta, com o voluntarismo e arrogância dela, traiu o plano de seus padrinhos – Temer, Serra e Kassab – de construírem um eixo alternativo de centro-direita em São Paulo. Seus ataques a Russomanno, o candidato mais viável anti-Dória, salvo no TSE por articulação de  não foram com o sentido de por ela no segundo turno, mas abrir um canal com Alckmin e Doria em troca de $$$ pra ela, pra seu marido e família, além da reeleição ao Senado que duvido muito. A graça é que Haddad agora tá com a bola toda para ir ao segundo turno  e negar a vingança dela.

  7. Algumas coisas acontecem

    Algumas coisas acontecem nestas eleições semelhantes às havidas nas passadas. Russomano disparou no início das pesquisas lá e cá, como também caiu nas duas. Hadad, de lá de baixo, deu uma subida e se elegeu, inesperadamente. Naquele ano pensei que até o próprio petistas se surpreendeu.

    Crivella, praticamente vencedor nestas eleições, não é nada, não entende de coisa nenhuma, a não ser de seu bolso, chegou ao que se previa há muitos anos. 

    Ao ver os ditos evangélicos assumindo cargos nas diversas assembleias, enquanto crescia a Universal no mundo inteiro, bem como a riqueza da Tv Record nacional e locais, o caminho seria esse mesmo: de um evangélico chegar a prefeito, governador, e até a presidente. O caminho será esse. 

    Os católicos ainda são maioria, mas longe de serem organizados – manipulados – ao ponto de influírem na política como esses evangélicos. 

    Malafaia não bica com Macedo, mas nas disputas políticas, ambos se entendem, como aconteceu de outras feitas. Tem Marina, que também se acha maior e melhor que qualquer outro evangélico, mas que dará seu apoio irrestrito a Crivella, com certeza.

    Assim, vai se formando, passo a passo, um novo sistema político brasileiro, com evangélicos picaretas comandando uma cidade tão importante como o Rio. 

    A única esperança de que essa coisa feia não prolifere será Crivella atuar como prefeito tal como atuou como senador e ministro. 

  8. Se esses coxinhas tem tanta

    Se esses coxinhas tem tanta raiva do Dória assim, por que não pregam o voto no Haddad.

    Se é para chutar o pau da barraca, aloprar geral, que façam direito.

    Coxinha até na hora de protestar é enrolado.

  9. Andrea Matarazzo consegue a

    Andrea Matarazzo consegue a façanha de ser pior do que Dória. Aliás, bem pior. Desde a infância, o afilhado de Maluf nunca renegou as origens. Em 1998, como coordenador da Campanha à reeleição de FHC em SP, tentou convencer o partido a abandonar Covas e votar “útil” no Maluf pra Governador.

  10. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome