Lula lidera pesquisa, mas 64% acham que ele será impugnado pelo TSE

No Paraná Pesquias, eleitorado acredita em 2º turno entre Bolsonaro e Alckmin

General Mourão e Haddad são os vices com mais simpatia do eleitor

Para 50%, apoio de Lula a Haddad não altera a “vontade de votar” no ex-prefeito

 
 
 
Jornal GGN – O Instituto Paraná Pesquisas divulgou nesta quarta (15) um levantamento mostrando que Lula (PT) segue liderando a disputa presidencial em intenção de votos, com 30,8%, seguido por Jair Bolsonaro (PSL), que tem 22%. Apesar da liderança, a maioria absoluta dos entrevistados acha que Lula será impugnado pela Justiça Eleitoral.
 
Marina Silva (Rede) aparece em terceiro lugar, com 8,1%. Geraldo Alckmin (PSDB) pontua 6,6%; Ciro Gomes (PDT), 5,9% e Álvaro Dias (Podemos), 4%. Outros 18,9% não optaram por um candidato da lista. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. 
 
Quando o candidato do PT é Fernando Haddad, o número de indecisos ou sem candidatos salta para 29%,9%. Bolsonaro lidera com 23,9%, seguido por Marina (13,2%), Ciro (10,2%), Alckmin (8,5%) e Haddad (3,8%).
 
Questionados sobre quais candidatos deverão disputar o segundo turno, independente de sua preferência eleitoral, os entrevistados responderam que será Bolsonaro (43%) e Alckmin (27%). Outros 30% não souberam responder. 21% disseram que poderia ser Ciro e 20,7%, Marina. Haddad foi citado por 10% e Álvaro Dias, 8%.
 
IMPUGNAÇÃO
 
Sondados sobre a viabilidade da candidatura de Lula, 64,1% disseram que ela deverá ser impuganda pelo Tribunal Superior Eleitoral, ante 30,4% que acham que o petista conseguirá ser candidato. 5,5 optaram por “não sabe” ou “não opinou”.
 
Sem Lula, 35,8% dizem que não sabem quem será o candidato do PT apoiado pelo ex-presidente. 24,8% afirmaram que será Haddad, 12,3% citaram Marina e 10,1%, Ciro.
 
APOIO DE LULA A HADDAD
 
Sobre o apoio de Lula a Haddad, 19% disseram que isso aumenta a vontade de votar no ex-prefeito, mas 50,7% disseram que isso não altera nada e outros 25% disseram que diminui a “vontade de votar”. 5,1% não souberam ou não quiseram opinar.
 
VICE-PRESIDENTE
 
A pesquisa ainda aferiu que o General Mourão é o vice-presidente favorito de 13,6% dos eleitores. Outros 12,3% citaram Haddad, que é vice de Lula. Ana Amélia, vice de Alckmin, saiu com 6,8% e Kátia Abre, parceria de chapa de Ciro, marcou 2,7%. O vice de Marina, Eduardo Jorge, teve 2,4% da preferência. Mas a maioria absoluta mesmo, 57,6%, respondeu “nenhum candidato” ou “não sabe”.
 
APOIO DE TEMER
 
O estudo também levantou qual presidenciável parece, aos olhos do eleitorado, ter o apoio do presidente Michel Temer. A maioria, 46,8%, disse que não sabe. Henrique Meirelles, o candidato oficial do MDB, foi lembrado por 17,4%, seguido de Alckmin, com 13,3%.
 
Cerca de 39% dos pesquisados disseram que sentem menos vontade de votar em Henrique Meirelles quando descobrem que ele tem apoio de Temer. 51% disseram que isso não altera a intenção de voto no pré-candidato.
 
Veja a pesquisa completa aqui.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

6 comentários

  1. Candidato do PT vai ser eleito em primeiro turno

    Seja o candidato Lula ou Fernando Haddad,

    O principal fator, é a candidatura do PSL estar em primeiro lugar nas pesquisas, e candidato do PSDB estar com cerca de 6%, quando Lula é candidato do PT e 8% quando Fernando Haddad é candidato do PT.

    Paa chegar viabilizar uma disputa no segundo turno, o candidato do PSDB terá que desconstruir o candidato do PSL, para isso conta com enorme tempo no horário eleitoral, apoio da maior parte da grande mídia, além do uso da máquina estatal como no caso de Roseana Sarney em 2002.

    Considerando que parte a parte do eleitorado do candidato do PSL de maior renda , dificilmente mudarão de posição, e a candidatura do PSDB tem pouco a oferecer aos eleitores de renda familiar até 2 salários Mínimos, o que representa de 7 a 13 milhões de eleitores, dependendo do instituto de pesquisa.
    Boa parte deste eleitores podem aderir a candidatura do PT.

    O segundo fator é o contágio, nas regiões onde vivem os eleitores com renda até 2 salários mínimos, a grande maioria dos eleitores vão votar no candidato do PT e tem enorme rejeição ao candidato do PSDB, na  busca de um candidato em um ambiente eleitoral próximo as eleições, favorece o candidato do PT.

    O terceiro fator são a luta contra a reforma trabalhista, contra a lei da Terceirização e contra a reforma trabalhista também favorece o candidato do PT, e um momento em que eleitor busca uma alternativa eleitoral.

    anexo:

    Brasil tem 147,3 milhões de eleitores aptos a votar nas Eleições 2018
    Eleitorado cresceu cerca de 3% em relação a 2014
    TSE—01.08.201812:10

    URL:
    http://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2018/Agosto/brasil-tem-147-3

    Intenção de voto para presidente da República—PO813964
    Datafolha—06 e 07/06/2018

    URL:

    http://media.folha.uol.com.br/datafolha/2018/06/22/08fa14d3cef22ac80a3dc

    http://datafolha.folha.uol.com.br/eleicoes/2018/06/1971537-sem-lula-bols

    PESQUISA  CNI-IBOPE  AVALIAÇÃO  DO  GOVERNO -SUPLEMENTO ESPECIAL INTENÇÃO DE VOTO Junho 2018

    URL:
    http://www.portaldaindustria.com.br/estatisticas/pesquisa-cniI-ibope-ava

    https://bucket-gw-cni-static-cms-si.s3.amazonaws.com/media/filer_public/

    https://bucket-gw-cni-static-cms-si.s3.amazonaws.com/media/filer_public/

  2. Dados da pesquisa

    Pesquisa Nacional – Situação Eleitoral para o Executivo Federal e o Panorama Político Atual/ Agosto 2018

    Paraná Pesquisas—15.08.2018

    Resultados da pesquisa de opinião pública realizada no Brasil, com o objetivo de consultar à população sobre a situação eleitoral para o Executivo Federal e o panorama político atual.

    De acordo com a Resolução-TSE n.º 23.549/2017, essa pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o n.º BR-02891/2018 para o cargo de Presidente.

     

    Baixar pesquisa

     

    URL:

    http://www.paranapesquisas.com.br/pesquisas/pesquisa-nacional-situacao-eleitoral-para-o-executivo-federal-e-o-panorama-politico-atual-agosto-2018/

    http://www.paranapesquisas.com.br/wp-content/uploads/2018/08/Brasil-M%C3%ADdia.pdf

  3. lei da ficha limpaArt. 26-C.

    lei da ficha limpa

    Art. 26-C. O órgão colegiado do tribunal ao qual couber a apreciação do recurso contra as decisões colegiadas a que se referem as alíneas d, e, h, j, l e n do inciso I do art. 1o poderá, em caráter cautelar, SUSPENDER a inelegibilidade sempre que existir plausibilidade da pretensão recursal e desde que a providência tenha sido expressamente requerida, sob pena de preclusão, por ocasião da interposição do recurso

    pra relembrar –

    O STF já condenou a CONDUÇÃO COERSITIVA e deixou claro que DELAÇÂO SEM PROVA será desconsiderada 

    O Processo de LULA carrega ilicitudes como a GRAVAÇÂO ilegal havida entre cliente e advogado e também a gravação condenada pelo STF e divulgada pela Midia por Sergo Moro, do réu com a Presidente da República em exercício

    mais..

    A não observação da figura do juíz natural no processo; a NÃO COMPROVAÇÂO da petição inicial do MP que falava da conexão entre Petrobrás, 3 obras específicas da OAS e o triplex; a sentença que acaba por dar como ATO INDETERMINADO de corrupção praticado por LULA (que exigiria identificação plena pra se contrapor à presunção de inocência) são fatores, como as cabeçadas dadas pelos DESEMBAGRINHOS de Curitiba e a negativa pela oitiva de testemunha favorável ao réu (no caso de TACLA DURAN), são fatores suficientes pra se considerar os recursos da defesa a instancias superiores PLAUSIVEIS, ou vc acha que não ?

    e tudo isso sem precisar contar com a DESQUALIFICAÇÃO que SERGIO MORO recebeu da Interpol  ..ou com a pressão internacional que cresce a cada dia

    A propósito, depois de anos de perseguição politico-juridico-policial, por acaso alguém achou as contas da FORTUNA de LULA?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome