Para diminuir abstenção, PT pede ao TSE que garanta transporte público para zona rural

Sugestão de Sergio SS

Nassif, tenho comentado sobre isto aqui no blog e acho que a notícia abaixo é interessante. Os mesmos ônibus amarelinhos que fazem o transporte escolar das crianças moradoras da zona rural podem bem servir para isto.

da Folha

PT pede ao TSE que garanta transporte público para eleitores da zona rural

NATUZA NERY
SEVERINO MOTTA
ANDRÉIA SADI
DE BRASÍLIA

Em um sinal de preocupação com o nível de abstenção no eleitorado de baixa renda, o PT fez uma solicitação inédita ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para que a corte garanta transporte público para moradores da zona rural às sessões de votação.

Para evitar um número elevado de ausência nas urnas em uma das eleições mais disputadas da história, o comitê de Dilma Rousseff decidiu procurar o tribunal para assegurar o traslado de eleitores.

Os advogados da campanha da petista disseram à Folha que protocolaram no tribunal pedido para que a Justiça reforce o transporte em áreas pobres e mais distantes dos locais de votação.

Uma lei sancionada durante a ditadura militar permite a condução de pessoas situadas nos rincões do país e prevê, nos casos de real necessidade, até mesmo o fornecimento de alimentação.

A lei, contudo, proíbe o transporte de eleitores em áreas urbanas, assim como impede que partidos políticos ou candidatos façam o mesmo em qualquer hipótese.

Segundo a Folha apurou, a cúpula do comitê petista considera imprevisível o resultado da votação. Em avaliações internas, coordenadores da campanha preveem um placar final constituído por uma pequena margem de votos, entre 2 milhões e 5 milhões.

Leia também:  Bolsonaristas registram novo partido em cartório, mas formalização ainda depende do TSE

Nos bastidores, a sucessão presidencial é comparada à eleição americana, normalmente decidida por uma pequena margem de apoios e com o país dividido entre os partidos Democrata e Republicano.

O PT ergueu sua base mais consistente de votos junto às camadas mais pobres.

O problema, para o partido, é que os estratos de menor escolaridade e renda costumam apresentar grau maior de abstenção.

A última pesquisaDatafolha, divulgada nesta quarta-feira (15), reforça essa preocupação.

No levantamento, Dilma está empatada com tucano Aécio Neves, mas numericamente atrás do rival (51% versus 49% dos votos válidos).

Procurado pela reportagem, o TSE informou que nenhum partido jamais enviou pedido semelhante. Há, contudo, relatos de algumas petições dessa natureza a tribunais regionais.

No primeiro turno, o PT havia feito petição semelhante para garantir transporte aos eleitores de Rondônia. Agora, porém, a legenda optou por amplificar a petição nacionalmente para evitar ser prejudicado com ausências.

A lei permite que partidos políticos acompanhem o transporte e os locais onde houver fornecimento de alimentação. Onde não houver veículos ou embarcações para o traslado de eleitores, a Justiça Eleitoral pode requisitar prestação de serviços a particulares.

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

4 comentários

  1. Foi o PT quem pediu? Toffoli

    Foi o PT quem pediu? Toffoli vai negar! Toffoli não é diferente de Fux!

  2. Foi o PT quem pediu? Toffoli

    Foi o PT quem pediu? Toffoli vai negar! Toffoli não é diferente de Fux!

  3. O correto é ele dar

    O correto é ele dar seguimento ao pedido, solicitando que os TREs atendam cada pedido enviado por partidos, acionando as prefeituras que controlam os ônibus escolares.

  4. o pedido é justificável

    o pedido é justificável porque todos têm direito ao voto.

    se não fosse assim,

    só os ricos e abonados  poderiam votar,

    como no império ou na república velha.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome