Paulo Guedes propôs modelo de governabilidade que “rouba” votos na Câmara

 
Jornal GGN – Além da volta da CPMF, Paulo Guedes também andou conversando em eventos do mercado, onde representa o projeto econômico de Jair Bolsonaro, sobre um sistema que garantiria a um presidente poder aprovar propostas impopulares na Câmara, mesmo sem ter o apoio da maioria dos parlamentares.
 
Segundo reportagem de O Globo, funcionaria assim: todos os votos de uma bancada seriam computados a favor de um projeto, mesmo que somente metade os deputados daquele partido tenha votado a favor.
 
Guedes teria dito que conversou com Rodrigo Maia sobre a proposta, e o atual presidente da Câmara teria não só concordado como batizado o sistema de “voto programático de bancada”. Procurado, Maia negou.
 
Ainda segundo o jornal, Guedes conversou com Maia sobre uma cláusula de barreira que venha a permitir o “funcionamento de apenas 5 partidos políticos no Congresso”. Guedes só não disse se o partido de Bolsonaro, o nanico PSL, conseguiria sobreviver.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. Nos últimos meses, a chapa

    Nos últimos meses, a chapa Bolsonaro-Mourão tem dado seguidos exemplos que pretende golpear o sistema democrático brasileiro:

    Ele propôs:

    1) Modificar a composição do STF, indicando 10 ministros  –  https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/07/bolsonaro-quer-aumentar-numero-de-ministros-do-supremo.shtml – 2/7/2018.

    2) Mourão defende uma nova Constituição redigida por “notáveis” não eleitos – https://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,uma-constituicao-nao-precisa-ser-feita-por-eleitos-pelo-povo-diz-mourao,70002501254 – 13/09/2018.

    3) Mourão admite “autogolpe” – https://g1.globo.com/politica/eleicoes/2018/noticia/2018/09/08/general-mourao-admite-que-na-hipotese-de-anarquia-pode-haver-autogolpe-do-presidente-com-apoio-das-forcas-armadas.ghtml – 08/09/2018.

    4) Estabelecer excludente de ilicitude para ações de policiais – https://static.cdn.pleno.news/2018/08/Jair-Bolsonaro-proposta_PSC.pdf (p.32) – 16/08/2018.

    Agora Paulo Guedes propõe esmagar minorias parlamentares através do “voto programático de bancada”.

    Bolsonaro está dando mostras que pretende se tornar um ditador e não é confrontado com a energia necessária. Se demorar muito, poderá ser tarde demais.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome