Polícia Civil investiga agressão a jovem por fazer oposição a Bolsonaro

Jornal GGN – A Policia Civil de Porto Alegre está investigando a denúncia de uma jovem de 19 anos, que foi agredida e teve uma suástica ao contrário marcada em seu corpo com canivete, por fazer oposição ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro. A informação é do G1.
 
Segundo publicação do portal, desta quarta (10), a Polícia Civil confirmou registro da ocorrência de segunda (8).
 
A jovem relata que estava a caminho de casa, após descer de um ônibus, quando foi abordada por três homens sobre  camiseta que ela usava, com as palavras “Ele Não”.
 
Contrariados com a posição política da jovem, os homens a agrediram com socos e desenharam uma suástica, simbolo do Nazismo, em sua barriga. Um canivete foi utilizado no crime que está sendo investigado como “lesão corporal”.
 
“A ocorrência foi encaminhada para a 1ª Delegacia de Polícia Civil, que informou nesta quarta-feira (10) que o caso começou a ser investigado. Policiais buscam câmeras de segurança para tentar identificar os agressores”, anotou o site.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  O nazismo e as raízes do mal em estado puro (II), por Roberto Bueno

9 comentários

  1. Se a justiça e a polícia nada

    Se a justiça e a polícia nada fazem contra o bolsonazi, menos ainda vão fazer contra a turba nazista.

  2. porque o mundo está preocupado? O coiso e o neonazismo.

    As ligações de Bolsonaro com o nazismo são notórias para quem estuda o assunto. Bolsonaro não faz a saudação nazista nem veste a suástica mas é o   mais abertamente nazista de toda a extrema direita atual, pelo menos para quem consegue ver além dos simbolos. Há alguns anos no RJ – terra de bolsonaro – um comandante do BOPE – que tem usa o mesmo símbolo das SS –  foi pego fazendo apologia ao nazismo. Bolsonaro cresceu eleitoralmente com base na PMRJ. Bolsonaro já declarou que prefeiria ser comparado a Hitler do que a um gay. Um neonazista preso em MG tinha uma carta enviada a ele por Bolsonaro. Bolsonaro posou para uma foto ao lado de um ‘professor’ que se veste de nazista e que fez a saudação nazista na Assembléia do RJ. Logo que começou a campanha de bolsonaro os carecas do ABC – notório grupo neonazista de SP, criado para fazer frente ao PT – fez uma manifestação a favor do fuhrer deles. Um dos neonazistas que liderou a marcha de extrema direita em Charlosteville, Cristian Cantwell – que tem textos traduzidos no Instituto Mises brasileiro –  comemorou o resultado do primeiro turno no Brasil. O Afd partido da extrema direita alemã, se recusou a ser associado a Bolsonaro – não querem ser associados ao nazismo.

    Bolsonaro usa técnicas de propaganda nazistas adaptadas para os meios contemporaneos – matéria assinada por um estudioso do fascismo no Foreign Affairs aponta que Bolsonaro se inspira em Goeblles. Persegue a esquerda, diz que ela é a fonte de todos os males do mundo – o anti-comunismo é a raiz dos fascismos inclusive do nazismo – e ao que parece a população LGBT foi escolhida como alvo prefencial no lugar dos judeus da Alemanha na época do nazismo,mas  com o mesmo discurso de ‘defesa dos valores cristãos’ e ‘conspiração'(‘gayzista’ em lugar de judia como os nazistas originais). Seu solgan de campanha repete o slogan da alemana nazista: “alemanha acima de tudo”.

    Voces acham que o mundo todo está apreensivo e acompanhando atentamente o que está acontecendo do Brasil a troco de nada??

  3. Dois tostões para um final
     

    onde  a polícia declara que após investigações concluiu que foi a moça que se automutilou.

    Já “in off” a polícia chama a vítima para declarações na delegacia e lá faz umas “recomendações” a ela, que podem ser desde ameaças até a tortura simples, de modo que, ao sair de lá ela dirá com clareza que tudo não passou de um engano.

     

    • Errou por pouco. Li no

      Errou por pouco. Li no Tijolaço que o delegado afirmou que não se trata de uma suástica e sim de um símbolo budista! Talvez uma milícia buda-bolsomion!!!

      Só não é cômico porque é trágico

  4. Já há um caso de tortuna na conta de bolsonaristas

    Trecho do artigo do site https://www.conversaafiada.com.br/brasil/apoiadores-de-bolsonaro-agridem-mulher-trans-no-rio – Coordenador executivo do Grupo Arco-Íris de Cidadania e diretor de Políticas Públicas da Aliança Nacional LGBTI (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Intersexuais), Cláudio Nascimento vê com preocupação a explosão dos casos de ataques à comunidade. Segundo ele, desde domingo, dia da eleição, o grupo já registrou 15 ocorrências.

    “Em todos os casos ligados à eleição os acusados se dizem eleitores do Bolsonaro, falam com muita violência, sem nenhum tipo de respeito. São pessoas que estão encorajadas para agir desse jeito. São crimes pelo Brasil inteiro, como um gay de Curitiba que foi torturado, morto e jogado dentro de um armário, a pixação em um colégio de Laranjeiras agredindo lésbicas…”, enumera Nascimento, também vítima da intolerância: “Depois de votar, a caminho de casa, passei em frente a um bar em Copacabana e um grupo com camisas do Bolsonaro gritou que os veados terão duas opções: voltar para o armário ou morrer”.

  5. Eles são monstros e covardes

    Bolsonaristas agridem jornalista negra e a chamam de macaca. A jornalista Gabi Coelho, chefe dos colunistas do Voz das Comunidades, veículo de comunicação com foco nas favelas do Rio de Janeiro, é a mais nova vítima dos apoiadores do candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL); Gabi foi agredida na tarde desta quarta-feira (10), no Centro de Belo Horizonte, em Minas Gerais

    https://www.brasil247.com/pt/247/rio247/371796/Bolsonaristas-agridem-jornalista-negra-e-a-chamam-de-macaca.htm

  6. Se antes do fascista

    Se antes do fascista bolsonaro ganhar, os seus seguidores ja estao violentos, imaginem com a liberação das armas, e com a ditadura militar do bolsonaro, estamos perdidos.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome