PT tenta convencer Suplicy a concorrer à Câmara e deixar Senado para Haddad

Foto: Divulgação/Eduardo Suplicy

Jornal GGN – Há algumas semanas, o PT tem demonstrado alguma dificuldade para decidir qual será o futuro dos candidatos de São Paulo, a começar por Fernando Haddad e Eduardo Suplicy.

Segundo a coluna de Mônica Bergamo, na Folha desta quarta (22), Lula e Luiz Marinho, pré-candidato a governador do Estado, tentam convencer o vereador Suplicy de que ele deve concorrer à Câmara dos Deputados e deixar o Senado livre para a empreitada de Haddad.

“Marinho disse que o partido poderia disponibilizar estrutura e mais tempo de TV ao atual vereador do que para outros concorrentes, por exemplo.” Mas Suplicy respondeu que será “muito difícil” sair a deputado. O vereador ainda descartou a hipótese de ele e Haddad se candidatarem ao Senado. O ex-prefeito também discorda.

Ainda de acordo com a coluna, o PSDB também tem discutido a situação de Aloysio Nunes. Bergamo escreveu que “ainda não é certo que o chanceler concorra à reeleição ao Senado. ‘Estou avaliando as condições da minha candidatura’, disse ele”. “A decisão só será tomada depois de uma avaliação do cenário, que ainda não está ‘presente no momento'”, acrescentou.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora