Bairros de Teresina enfrentam falta de energia elétrica

Equatorial Energia atribui problema a queda de quase 300 árvores após chuva em 31 de dezembro; empresa assumiu serviço no lugar da Eletrobrás em 2018

Foto: Reprodução/Brasil De Fato

Jornal GGN – Diversos bairros de Teresina (PI) apresentam problemas com o abastecimento de energia elétrica desde a noite de 31 de dezembro, quando uma forte chuva com ventania derrubou quase 300 árvores pela capital do Piauí.

Embora a energia tenha começado a ser restabelecida durante a madrugada de 1º de janeiro, ainda existiam bairros sem energia até o meio dia deste domingo (03/12), em especial na zona norte da cidade.

Em nota, a Equatorial Piauí – empresa que assumiu o serviço no segundo semestre de 2018, em substituição à Eletrobras (estatal do governo federal) – afirma que segue com equipes de atendimento emergencial em campo e no Centro de Operações para restabelecimento do fornecimento de energia em Teresina, e que há registro de, pelo menos, 280 árvores que caíram sobre a rede, o que corresponde a 90% das ocorrências registradas desde o início da chuva.

A empresa também afirma que tem investido na melhora da qualidade da energia desde que assumiu o abastecimento – em abril de 2020, a Equatorial obteve um financiamento de R$ 643 milhões junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que será usado para melhorar os serviços. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

 

Leia Também
Governo anuncia sequência de privatizações e concessões para 2021
MDB vence em Teresina contra PSDB: Dr. Pessoa assumirá Prefeitura

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora