Como produzir “Fake” e “Partial” News sobre as tarifas de energia elétrica

Do site do Instituto Ilumina

Como produzir “Fake” e “Partial” News sobre as tarifas de energia elétrica

Hoje (07/01/2019), jornais televisivos apresentaram a notícia de que a tarifa de energia elétrica, finalmente (sic), vai ser reduzida. Entre as razões apresentadas, a redução de subsídios para produtores rurais e a “ajuda de São Pedro”, que “encheu os reservatórios das hidroelétricas (Bom Dia Brasil, Rede Globo).

A estimativa de redução tarifária citada foi de 0,5%!

“Fake” na informação de que os reservatórios estão cheios. Na realidade, segundo dados do ONS, estamos com 32% da capacidade total.

Aliás, há mais de 4 anos que não se consegue encher os reservatórios. Bastaria mostrar o gráfico abaixo. 

“Meio fake” na informação da redução tarifária, pois omite o fato de que qualquer redução não recupera minimamente os aumentos que ocorrem desde a reforma mercantil em 1995. Aumentos reais de 60% na tarifa residencial média e 130% na industrial. Omite-se também o fato de que desde 2014 o consumo de energia elétrica não cresce a suas taxas históricas (3,5% ao ano). Estamos com crescimento reduzido em função da crise econômica (1,5%).

Como é fácil produzir informações erradas e parciais no Brasil!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome