Ao vivo: Singer, Haddad e Avritzer discutem democracia e sistema político no Brasil

Jornal GGN – Acompanhe agora, ao vivo, do Teatro Aliança Francesa, aula pública sobre a crise da democracia e dos valores republicanos, com o professor dr. Leonardo Avritzer, coordenador do Projeto Democracia da Fafich-UFMG, o ex-prefeito de São Paulo e professor na Faculdade de Direito do Largo São Francisco, Fernando Haddad, e o cientista político da USP, André Singer. 

https://www.youtube.com/watch?v=zngpeWjo9aQ height:394

Nesta segunda-feira (24), a partir das 19h, no Teatro Aliança Francesa, acontecerá a primeira aula do seminário ‘Pensando a Democracia, a República e o Estado de Direito no Brasil’. O evento faz parte de uma série que será realizada nas cidades de São Paulo e Belo Horizonte para discutir a crise da democracia e dos valores republicanos, um fenômeno não só verificado no Brasil como em diversos países.
 
O idealizador da proposta é o professor dr. Leonardo Avritzer, coordenador do Projeto Democracia da Fafich-UFMG, graças ao apoio do BDMG e parceria do Cenedic-USP, Cedec-USP e Aliança Francesa.
 
Em Belo Horizonte, as aulas vão acontece todas as primeiras segundas-feiras, a partir de maio, no Auditório do BDMG. Em São Paulo, da mesma forma, no Teatro Aliança Francesa. 
 
“Os temas serão os mais variados, que dizem respeito à conjuntura, como por exemplo o estado da democracia no Brasil, se há ou não uma crise da República, o problema da dominação financeira, a questão da perda de direitos, o Constitucionalismo e o equilíbrio de poderes”, explica Avritzer. A entrada é franca.
 
A primeira aula, nesta segunda (24), contará com a participação do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad e o cientista político André Singer. 
 
Serviço 
 
Entrada livre. A distribuição de senhas é a partir das 18h, limitada a 2 senhas por pessoa.
Local: Teatro do Aliança Francesa, na Rua General Jardim, 182, 01223-010, São Paulo – próximo ao metrô República. 
 
Seminário, realizado no Teatro Aliança Francesa, analisará crise dos valores republicanos

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora