GM já contabiliza prejuízo de quase US$ 2 bi com recall

Jornal GGN – Um recall de 2,6 milhões de veículos, que já custou aos cofres da companhia cerca de US$ 1,7 bilhão. O prejuízo sofrido pela General Motors está sob investigação nos Estados Unidos e ainda pode custar muito mais.

A montadora está sendo acusada de “incompetência e negligência” por conta de um defeito na chave de ignição de veículos – a ele, estão sendo atribuídas, pelo menos, 13 mortes, segundo a presidente-executiva da empresa, Mary Barry. Aparentemente, o problema perdurou por mais de 11 anos.

Com a maior montadora dos Estados Unidos começando a revelar os resultados de uma investigação interna, Barry disse que 15 funcionários foram demitidos, mais da metade com cargos executivos ou sênior.
 
Ações disciplinares estão correndo contra outros cinco colaboradores. Ainda segundo a executiva, a companhia vai indenizar as vítimas de acidentes relacionados ao defeito das chaves de ignição. Representantes da GM disseram que o número de fatalidades relacionadas ao defeito na peça pode aumentar.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  A China segundo o olhar do governo Trump, por Williams Gonçalves

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome