O fim de David Koch, o financiador dos movimentos de rua

Jornal GGN –  Muito doente, David Koch, um dos irmãos bilionários das Indústrias Koch, se afastou dos negócios da família e da política. Ele foi o principal financiador do Tea Party, o movimento de ultra-direita que mudou a política norte-americana, influenciou a mídia e se espalhou com as redes sociais, tanto nos Estados Unidos como fora dele. Há suspeitas de que os Koch financiaram grupos de ultradireita que atuaram no Brasila partir dos movimentos de 2013.

Segundo a revista Forbes, cada irmão tem uma fortuna caculada em US$ 60 bilhões.

Reportagem  do The Washington Post informa que um câncer na próstata, que apareceu há 25 anos, derrubou definitivamente David Koch. Na terça-feira passada, em carta aos funcionários das Indústria Koch, seu irmão Charles anunciou a deterioração rápida da sua saúde.

David foi responsável pela montagem de uma das mais influentes forças políticas dos Estados Unidos, financiada por um clube de bilionários. Essa rede teve influência marcante sobre o Partido Republicano no Congresso e nas legislaturas estaduais.

Apenas em 2018, a rede planeja gastar entre US$ 300 milhões a US$ 400 milhões em política, contra US$ 250 milhões nas eleições de 2016.

O nome é Rede Seminários e congrega 700 afiliados que pagam pelo menos US$ 100.000 por ano para financiar o jogo político. Os irmãos Koch tratam esse dinheiro como “investimento”, e não doação. E os retornos são amplos.

Segundo The Washington Post, no ano passado, a rede quase que sozinha matou um imposto sobre bens importados, conhecido como imposto de ajuste de fronteira, uma compensação para os cortes nas taxas de impostos corporativas e individuais. Depois, os Americans for Prosperity – nome do movimento – gastaram mais de US $ 20 milhões para ajudar a aprovar uma mudança fiscal que reduziu os impostos das corporações de 35% para 21%. 

Leia também:  Uma outra proposta ao muro de Trump, por César Locatelli

Seus investimentos se davam não apenas na política, mas financiando estudos de tendência libertária nas universidades.

Apesar de não terem apoiado a eleição de Donald Trump, os Koch conseguiram emplacar diversos nomes na administração. Além dos cortes de impostos, eles também se beneficiaram das desregulamentações  do governo Trump e da nomeação de dezenas de juízes favoráveis ​​aos negócios.

Mesmo assim, nos últimos anos houve uma mudança no movimento. Segundo o jornal, os Koch passaram a entender que a economia e a política são mais complexas do que o mero discurso de redução do Estado. Principalmente quando Trump radicalizou sua estratégia protecionista e isolacionista.

Por meio da Iniciativa Libre aliada e da Freedom Partners, lançou recentemente uma campanha destinada a pressionar os líderes do Congresso a proteger os “sonhadores” – pessoas trazidas para o país ilegalmente quando crianças.

Frank Baxter, um antigo doador de Koch da Califórnia, descreveu a rede de Koch como “evoluindo”. Ele a comparou a um “adolescente” durante os primeiros anos da revolução do Tea Party, quando garantir a maioria republicana era a principal prioridade. “Agora, cresceu e percebeu que a vida é muito mais complexa”, disse ele. “Para realmente atingir nossos objetivos de melhorar a sociedade, há outras coisas que precisamos fazer.”

Os Koch se tornaram também grandes filantropos. De acordo com uma biografia oficial, ele prometeu ou contribuiu com mais de US $ 1,3 bilhão para ajudar várias causas, incluindo instituições educacionais, artísticas e culturais e organizações de políticas públicas. O dinheiro veio através de presentes pessoais e da Fundação David H. Koch.

Leia também:  Contos que nos contam de Nova York e a narrativa silenciada, por Alfeu

Seus representantes dizem que ele forneceu mais de US $ 300 milhões em apoio beneficente adicional, além dos US $ 1,3 bilhão, por outras causas – incluindo ajuda às vítimas do furacão Harvey no ano passado.

 

 

17 comentários

  1. São os tubarões que se
    São os tubarões que se escondem sob a alcunha “mercado”,
    Já que são tão poderosos deveriam chamar de “super-mercado”…..

  2. “Os Koch se tornaram também grandes filantropos”

    É incrível que a sociedade atual permita esse tipo de “filantropismo” que só serve para auto-promoção do filantropo.

    As sociedades devem criar leis que proíbam tamanha hipocrisia.

    Famílias responsáveis por décadas de pilhagem e capitalismo selvagem… ganhando bilhões com lobby, pagando baixíssimo imposto, causando enormes devastações ambientais, otimizando o lucro graças a destruição de concorrentes, até a própria democracia foi manipulada por essas famílias…

    … ainda se sentem “boas almas” por jogarem alguns trocados em alguma Fundação que leva seu nome. Vale lembrar que muitas vezes essas fundações são um recurso legal para pagar menos impostos.

    Filantropia ele faz ao partir dessa para uma pior!

  3. Aqueles que sugam o sangue da

    Aqueles que sugam o sangue da populaçao mundial para distribuir gotas aos seus pares

  4. Já vai tarde!

    Desejo realmente que  o David Koch pague lá nos braços capeta todas as maldades que ele fez e as vidas de milhares de pessoas que ele tirou com suas ideologias mesquinhas.

  5. Para quem vai todo esse
    Para quem vai todo esse dinheiro quando ele morrer ? Provavelmente outro lunático e sociopata da mesma estirpe ou pior . Acabar ou diminuir a desigualdade no mundo, isso nunca.

  6. Estará no Panteão dos

    Estará no Panteão dos Trucidadores Beneméritos, ao lado do Rei Leopoldo da Bélgica, “dono” do Congo. 

  7. Prezados camaradas
    Os Portões

    Prezados camaradas

    Os Portões do Inferno se abrempara receber mais um membro ilustre, e o Maligno aguarda ansioso para vê-lo

    Velho maldito, produziu mentira, miséria e desunião na vida; que o irmão vá logo também

  8. chocado mas não surpreso

    Esse e outros bilionários resolveram desencadear a “luta de classes”.

    Por essa nem Marx poderia prever.

    Quanto ás doações, via diminuição de impostos, ou coisa pior, são só propaganda, enganação.

    Migalhas que retornam, quando retornam, para alguns, comparado o que saquearam.

    E  ainda tem gente que acha que os EEUU são uma democracia.

    Uma Democracia que o dinheiro pode comprar.

    • direita feroz

      Não desejo a morte de meus adversários, nem de inimigos escondidos atrás de fortunas de bilhões de dólares. 

       

      A direita feroz, mente, aplica golpes em democracias e discursa pelo liberalismo, mas o que realmente querem é a defesa de suas propriedades. Gastam milhões anualmente para convencer os seres humanos com propaganda e ódio dizendo que suas ideias são boas para a a humanidade e o resto é adjetivo pejorativo.  

      São sectários, pouco ligam para a democracia ou o respeito ao livre pensar e viver de forma diferente à que eles viveram. Não se importam com o tipo do sistema, mas com que seja o que querem. Tudo a custo do dinheiro. 

      É difícl competir com tamanho poder econômico. mas é o que temos feito, por anos. 

      Viva a democracia sem convencimento pela compra de votos e de consciência. 

  9.  
    Agora…o bilionário David

     

    Agora…o bilionário David Koch deve passar por grande desconforto enquanto aguarda o bruxuleante lume da lamparina se extinguir, sem poder repor o combustível vital, que o dinheiro dele nem de FDP nenhum pode comprar.

    O coitado ainda terá longo tempo sem conseguir descortinar o que será da montanha de dólares que não poderá carregar pois, nem da própria carcaça sabe o destino quando de seu iminente passamento desta, para os sete palmos de terra destinados a  proteger o presunto do ex-poderoso Koch das esfomeadas hienas e abutres.

    Provavelmente sua tristeza maior, é deixar orfão e sem poder carregar, tanto dinheiro, bens e investimentos….Oh! Que vida mais ingrata…

    Orlando

  10. ]
     
    Agora…o bilionário

    ]

     

    Agora…o bilionário David Koch deve passar por grande desconforto enquanto aguarda o bruxuleante lume da lamparina se extinguir, sem poder repor o combustível vital, que o dinheiro dele nem de FDP nenhum pode comprar.

    O coitado ainda terá longo tempo sem conseguir descortinar o que será da montanha de dólares que não poderá carregar pois, nem da própria carcaça sabe o destino quando de seu iminente passamento desta, para os sete palmos de terra destinados a  proteger o presunto do ex-poderoso Koch das esfomeadas hienas e abutres.

    Provavelmente sua tristeza maior, é deixar orfão e sem poder carregar, tanto dinheiro, bens e investimentos….Oh! Que vida mais ingrata…

    Orlando

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome