Pedidos de auxílio-desemprego caem e dão sinais de melhora nos EUA

Jornal GGN – O número de norte-americanos que entraram com novos pedidos de auxílio-desemprego caiu em 11 mil na semana passada, para 304 mil. Os dados ajustados sazonalmente, na semana que terminou em 5 de julho, foram divulgados pelo Departamento do Trabalho.

Foi um dos menores níveis da estatística desde antes da recessão de 2007-2009, o que também pode ser um sinal de uma melhora na saúde do mercado de trabalho, tão esperada inclusive pelo Federal Reserve para mudanças e medidas importantes para a economia americana.
 
Empregadores cortaram suas folhas de pagamento durante a profunda recessão do país, mas o longo ciclo de demissões agressivas parece ter finalmente acabado.
 
A média móvel de quatro semanas para novos pedidos caiu em 3.500, para 311.500, na semana passada. Essa foi a segunda menor leitura da média móvel desde agosto de 2007.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  15 razões para esperar um novo ataque interno à economia do Brasil, por João Sicsú

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome