Bolsonaro cria estatal após privatizar a Eletrobras

Ideia é que a nova empresa pública cuide da administração de usinas nucleares e de Itaipu Binacional

Foto: Divulgação/Itaipu

Jornal GGN – Jair Bolsonaro criou via decreto uma estatal para cuidar dos interesses da União sobretudo na administração de usinas nucleares (sob a Eletronuclear) e de Itaipu Binacional. A medida ocorre na esteira da privatização da Eletrobras.

O governo Bolsonaro desestatizou a holding brasileira de geração, transmissão e distribuição de energia, porém precisou criar a ENBpar, Empresa Brasileira de Participações em Energia Nuclear e Binacional, uma sociedade anônima que será vinculada ao Ministério de Minas e Energia.

A lei que privatizou a Eletrobras demandava a criação da ENBpar para atender ao tratado entre Brasil e Paraguai envolvendo Itaipu.

Segundo informações de O Globo, a ENBpar, além de administrar os bens da União pertencentes à Eletrobras, fará ainda a “gestão de contratos de financiamento que utilizem recursos da Reserva Global de Reversão”. Também será responsável pela conta corrente do Procel (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica) e a gestão dos contratos no âmbito do Proinfa

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome