Relator da reforma do IR quer corte de 12,5 pontos no imposto de empresa

No texto apresentado pela equipe econômica do ministro Paulo Guedes, a redução sugerida da alíquota do IR de empresas era de 5 pontos percentuais

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Jornal GGN – O relator na Câmara da proposta de reforma do Imposto de Renda (IR), deputado Celso Sabino (PSDB-BA), apresentou nesta terça-feira, 13, um parecer preliminar sobre o texto enviado pelo governo federal em junho e promoveu mudanças, sendo a principal delas um corte 12,5 pontos percentuais no tributo sobre empresas. 

No texto apresentado pela equipe econômica do ministro Paulo Guedes, a redução sugerida da alíquota do IR de empresas era de 5 pontos percentuais – dos atuais 15% para 10%, com um escalonamento de 2,5 pontos percentuais no primeiro ano e os outros 2,5 pontos no segundo ano. 

O relator quer, no entanto, que a alíquota passe de 15% para 2,5%, com uma redução de 10 pontos percentuais no primeiro ano de vigência e mais 2,5 pontos no segundo ano.

As alterações foram apresentadas aos líderes partidários. O relatório ainda pode sofrer outras alterações. A expectativa é que o texto seja votado em agosto.

Com informações da Folha de S. Paulo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome