“Albert Einstein foi o Isaac Newton da Física Moderna”

Comentários do post “As contribuições de Einstein para a Mecânica Quântica

Por LCLBotelho

Prezado Nassif

Apesar de muitos pontos polêmicos, certamente Albert Einstein foi o Isaac Newton da Física Moderna. É claro que o Cálculo Integral – em seu fundamento, já era conhecido e empregado por Arquimedes de Syracusa (uns 2.000 anos atrás!) Ele (o Grande Arquimedes!) chegou a calcular o volume da esfera! Da área do círculo!, etc….(coisa que modernamente só se consegue calcular através do cálculo  avançado de integrais Triplas, de àrea , etc…). Mas foi preciso a genialidade de Newton  ao aplicar o cálculo  diferencial e integral a EXPLICAÇÃO da gravidade e da dinâmica celeste (porque os planetas seguem órbitas elípticas, hiperbólicas e parabólicas e não círculos perfeitos!) , para tornar o Cálculo uma disciplina básica da Ciência Moderna .Além de retirar a divindade do Céu  Astronômico e matar o Demônio do Mundo Físico (o Inferno como a contrapartida do Céu_Paraíso Teológico  (heavens, em ingles).

O mesmo parece ter ocorrido com Einstein em relação a Mecânica Quântica NÃO RELATIVÍSTICA. Agora é muito claro que não se deve utilizar conceitos da Física Clásica (como medir a posição e velocidade de uma Partícula!) sem o cuidado de saber que estes conceitos são contraditórios no Mundo Quântico. Parece que o maior de todos os Físicos Quânticos, o Inglês Paul Adrien Maurice DIRAC, resolveu  todas as contradições dos seus predecesores ao afirmar que a noção intuitiva do mundo clásico não faz nenhum sentido neste mundo quântico. Toda a percepção é matemática e sem visualizações clássicas (só existem funções de Ondas-Vetores de Estado-Números Reais como resultados de experiências Quânticas no presente aparato experimental humano). A propósito a Mecânica Quântica Relativìstica de Dírac é a versão final e não aproximada da Mecânica Quântica, quando sofre a segunda quantização-um proceso Físico básico e longe de ser compreendido do ponto de vista “Filosófico”. Mas a Matemática não passa de uma linguagem simbólica altamente sofisticada . E a Matemática da Mecânica Quântica e da Relatividade Geral ainda são linguagens numèricas .Podem portanto ser incompletas .Mas quem sabe se  novas linguagens matemáticas, talvez envolvendo outros conceitos novos de conceito epistemológico de “Conhecimento” no Mundo Quântico possam ser desenvolvidas no futuro? Os índios Yanomami só sabem contar até 10. Mas eles possuem um conhecimento de reconhecimento de formas (topologia geral conjuntista, topologia integral-estocástica e grafos?) espantoso, para sobreviver na floresta amazônica.

A propósito, um grande triunfo da Física Quântica foi escrever exatamente a função de onda de átomos e moléculas, mas ainda é um problema em aberto escrever tal objeto para as macromoléculas, especialmente aquelas da biologia!

Por Alaor Chaves

Parabéns ao Oscar pelo ótimo post.

Eu completaria dizendo que entre 1905 e 1923, quando se comprovou a existência do fóton pelo chamado efeito Compton, Einstein foi o defensor solitário da física quântica. Em um curso de divvulgação científica oferecido há anos na UFMG pelo Prof. Abá Cohen Persiano, proferi várias palestras com o título “Einstein, defensor solitário da física quântica”. Nem mesmo Bohr e Planck tinham convicção de que a natureza era quântica. Mas quando a mecânica quântica (a teoria mecânica que incorporava a ideia da quantização e da dualidade onda-partícula da matéria e da luz), Einstein achou não que a teoria era satisfatória. Dois dos formuladores da mecânica quântica acabaram concordando com Einstein: Schroedinger e Dirac. Ainda hoje, vários físicos notáveis (alguns deles ganhadores do Nobel) concordam que a mecânica quântica terá de ser modificada para ser mais aceitável filosoficamente e também para se tornar compatível com a relatividade geral.

Se alguém quiser receber minha apresentação PPt da referida palestra, entre em contato pelo emailalaor@fisica.ufmg.br

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome