Revista GGN

Assine

Autocrítica: os excessos do direitismo delirante

Autor: 

 

Os nove erros da oposição na internet.

 

Já são 17 anos de internet e uma década de blog. No meio do caminho, três campanhas presidenciais – as três amargando derrotas para o PT -, muitas lições aprendidas e a fúria de ver gente que se diz de oposição cometer sempre os mesmos erros na internet.

 

Desde 2002, quando os debates eleitorais na web ficavam restritos às salas de bate-papo e aos GDs – grupos de discussão - do UOL, passando pela pancadaria da área de comentários do Blog do Noblat, e culminando com estes tempos de Twitter e Facebook, são sempre os mesmos malditos erros.

 

Se ao longo de uma década relutei para escrever um post assim foi porque há, nesta atitude, um erro estratégico: ele torna públicas as nossas mazelas, fornecendo aos nossos adversários políticos um guia seguro para sermos, mais uma vez, derrotados.

 

Mas ontem foi um divisor de águas. Ontem, enquanto boa parte da militância oposicionista espontânea acertadamente comemorava a prisão dos petistas mensaleiros nas redes sociais, aquela outra parte – tão ruidosa quanto insidiosa - voltou a errar. De repente, parecem ter cansado de capitalizar a derrota petista e começaram, mais uma vez, a fazer mea-culpa da oposição publicamente. “Onde está a oposição, que não se pronuncia?”, perguntavam os asnos, sem nem ao menos se questionar sobre os motivos para que nenhum político, além dos petistas, estivesse se pronunciando naquele momento.

 

A pressão cresceu a tal ponto que, provavelmente para não deixar essa gente sem uma resposta, Aécio Neves se obrigou a postar no Facebook a mesma nota que postara no dia 14, quando o julgamento do mensalão chegou ao fim. Uma solução suíça para uma armadilha desnecessária, armada não por petistas, como seria de se esperar, mas por gente que se diz de oposição.

 

Tamanha ignorância me autorizou a publicar este post. Porque se é verdade que as últimas três campanhas presidenciais tiveram erros estratégicos, também é verdade que a militância da internet – seja ela espontânea ou não – tem uma grande parcela de contribuição nas derrotas que amargamos.

 

Querem fazer mea-culpa da oposição publicamente? Então vamos lá. Como diz o velho ditado, comecem olhando para os vossos próprios rabos, macacos.

 

Descubra, abaixo, quais são os erros que talvez você esteja cometendo e tente não repeti-los. Se tal coisa não for possível, lembre-se de nunca mais falar mal da oposição. Porque se comete estes erros, você, meu caro, é uma parte bem ruim dela. 

 

E, antes de se ofender e começar a recitar um mimimi na área de comentários deste post, leia meu batom: estes são erros que você jamais verá um petista cometer na internet.

 

1. Não entender o papel da internet nas campanhas.

Internet não decide eleição, mas forma opinião . O que se fala na internet não enche urna. A TV e o corpo a corpo ainda são fundamentais. Por outro lado, cada vez mais a internet cumpre um papel importante– principalmente enquanto a campanha efetivamente não começou – que é o de plantar conceitos, positivos e negativos, que podem colar no candidato. Para você entender bem o seu tamanho: você não é grande o suficiente para garantir a vitória de um candidato. Mas é grande o suficiente para manchar a imagem dele. Lembre-se disso antes de abrir a boca nas redes sociais e dizer bobagens.

 

2. Não entender o papel de cada um na internet.  

Há coisas que, por questões institucionais ou simplesmente em função de estratégia, um candidato não pode fazer. É justamente por isso que você é importante – para fazer o que ele não pode fazer. Você pode, por exemplo, trollar Dilma e o PT à vontade por conta da suposta espionagem americana. O candidato não. Para ele é uma arapuca discursiva – pode acabar sendo acusado, com propriedade, de antipatriotismo. Fazer oposição na internet é assim: valorizar o que o candidato da oposição diz e ficar na moita sobre o que ele não diz – porque há coisas que você não tem capacidade para entender. O tamanho da sua importância como voz oposicionista tem a ver com o tamanho do seu engajamento às palavras de ordem de quem está comandando o partido e/ou a aliança oposicionista. É assim que os petistas fazem. E é por isso que eles ganham eleições.

 

3. Criticar publicamente a estratégia da oposição

Já falei sobre na introdução do post, mas é preciso repetir. Você acha que a oposição e/ou o candidato estão no rumo errado? Escreva um e-mail para ele, participe de um grupo de discussões fechado do partido e dê voz lá às suas ideias. Procure o diretório da sua cidade, peça uma reunião com o presidente municipal do partido e mande ver. Mas, a menos que você seja um especialista da área e saiba, exatamente, como fazer tal coisa sem causar danos, jamais critique publicamente a campanha, ou as atitudes do seu candidato. Você vai desestimular pessoas que não entendem muito de política, mas que estavam começando a gostar dele - e, o que é pior, vai fornecer munição para os petistas.

 

4.Chorar, em público, porque o seu pré-candidato não emplacou.

Este erro é uma especialidade tucana e já escrevi bastante sobre ele.  Lembre-se: quando Lula decidiu que a candidata seria a improvável Dilma, você não viu nenhum petista chorando Palocci, ou criticando publicamente a escolhida. E é assim, aderindo imediatamente ao nome escolhido, que os petistas têm derrotado você ao longo de uma década. Trazer as guerras internas partidárias para a internet é um jogo de perde-perde. Mesmo quando os próprios pré-candidatos estão publicamente em conflito, ou quando seu colunista político predileto insiste em desancar o candidato da vez, funcionar como alto-falante deste conflito é um erro primário. Simplesmente porque você perde tempo agredindo um candidato da oposição ao invés de conquistar apoios para ele. Quando a campanha começar, se você realmente for de oposição, vai ficar correndo atrás da máquina para buscar estes apoios. Não brigue com a realidade. Está insatisfeito com a escolha partidária? Discuta o tema internamente. Você está muito contrariado? Então fique quieto hoje para não se arrepender no ano que vem.

 

5. Ficar falando só com o seu clubinho.

Ele só tuíta e posta no Face para impressionar os amiguinhos. É técnico em enfermagem, professor, ou engenheiro, mas quer impressionar a turma com o seu nível de politização. Ok, só que isto não é fazer oposição na internet. Fazer oposição na internet é tentar sair do seu círculo de relacionamento e atingir o maior número possível de pessoas. Isto só se alcança com: popularização da linguagem, cordialidade com possíveis aliados, e – olha que espanto! – falando bem do candidato potencial. Não um massacre panfletário, com cara de campanha, que mais espanta do que conquista seguidores. Apenas deixe claro que você é de oposição e apoia o candidato que a representa. Não precisa concordar com tudo o que ele diz. Mas esqueça as diferenças e exalte as ideias que você tem em comum com ele.

 

6. Ser uma matraca eleitoral.

É quase um subtipo da categoria anterior - e, não raro, trata-se de um militante filiado ou de um assessor parlamentar. Embora não seja nocivo, porque só tece elogios ao candidato da vez e desempenha um papel de mobilização importante junto à militância oficial, este tipo também não conquista muita coisa fora das fileiras partidárias. Ele passa os dias falando de política e é incapaz de postar um conteúdo mais leve – sobre humor, futebol, novela. Tudo nele é militância. Soa falso. E, por isso mesmo, ele é incapaz de conquistar quem precisa e pode ser conquistado: a maioria das pessoas – aquelas que não ligam muito para política, mas que passarão a consultar suas timelines quando se aproximar a hora de votar.

 

7. Ser um inocente útil a serviço do PT.

Não raro ele tem um passado à esquerda, tendo aderido à oposição depois de se decepcionar com Lula. Não é agressivo e gosta de pensar em si mesmo como um democrata.  Em sua TL você vai encontrar militantes petistas, psolistas, verdes e comunistas – toda essa gente que, na hora do pega pra capar, acaba votando no candidato PT.  Mas ele perde horas em debates com estas pessoas – talvez uma nostalgia dos tempos de militância na esquerda - na ilusão de que poderá fazê-las mudar de opinião. E, enquanto faz isso, vai lhes concedendo, vitrine, espaço e um tempo precioso – que poderia ser usado para buscar gente que realmente pode mudar de opinião e votar contra o PT. Este grupo inclui aqueles que olham, com carinho, para pseudo oposicionistas como, por exemplo, Marina Silva. Alegando que a candidatura dela é importante para garantir um segundo turno, o pobre idiota não se dá conta de que não precisamos dela para garantir um segundo turno em 2006 – e que o segundo turno de 2014 estaria mais folgado se ele estivesse, desde já, trabalhando pelo candidato que é, de fato, o representante da oposição.

 

8.Ser um boçal elitista.

Ele já perdeu três eleições vomitando a mesma ladainha e segue insistindo. De um modo geral, estes são indivíduos que não produzem muito conteúdo na internet. O negócio deles é  divulgar e, principalmente, fazer  a crítica do que os outros produzem. Procuram manter certo distanciamento cult de “tudo o que aí está” e não raro ridicularizam aqueles que têm candidato e acreditam que vale a pena tentar uma vitória. No entanto, a despeito da sua inutilidade, seguem se autointitulando “oposição”. Não são. Sua atitude derrotista, quando não amorfa,  tem favorecido, ao longo de uma década, a eleição de candidatos do PT. Neste grupo estão incluídos aqueles que gostam de falar de política, mas fazem cara de nojinho para militância pró-ativa, os que cogitam o voto nulo e os que questionam a inviolabilidade das urnas eletrônicas. Em termos de campanha política na internet, esta é uma gente que trabalha voluntariamente para o PT.

 

9. Ser um direitinha xiita – ou um petista de sinal invertido.  Para eles, o candidato de oposição ao PT nunca está suficientemente à direita. É uma gente que, a despeito da arrogância, desconhece o papel da conjuntura num cenário político, a influência de uma década de governo de esquerda na bagagem cultural do eleitor brasileiro e, principalmente, um elemento básico da política: a negociação. Querem simplesmente tirar o PT do poder – mas, a julgar pela atitude, não têm ninguém para colocar no lugar. É fácil identificá-los: tão agressivos quanto os petistas, eles xingam e ridicularizam membros da oposição que ousam, vejam só!, apoiar o candidato da oposição. Dedicam parte do tempo a xingar o PT de um jeito que nenhuma pessoa decente pode levar à sério. E o pior: também plantam constantemente, a ideia de que “não há oposição no Brasil” e de que “PT e PSDB são exatamente a mesma coisa – uma teoria da conspiração típica de certo filósofo autoexilado que este grupelho idolatra. Nocivos, eles passam dias inteiros na internet desarticulando e desmobilizando a oposição possível enquanto se autoproclamam a “única oposição verdadeira”. Se é verdade que o PT tem ativistas infiltrados na oposição, todos os indícios apontam na direção desta gente.

 

Caso você tenha se identificado com alguma das atitudes listadas acima – ou mais de uma, já que elas admitem sobreposição – saiba que você é livre para continuar errando. Mas pare de se iludir sobre estar fazendo oposição na internet.  Porque, para começo de conversa, você nem sabe o que é fazer oposição. E é por isso que vive perdendo para o PT.

http://narizgelado.blogspot.com.br/2013/11/os-nove-erros-da-oposicao-na-internet.html

 

Média: 1.7 (11 votos)
22 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de fernando68
fernando68

Queria pelo menos uma vez só ler propostas da oposição

Queria pelo menos uma vez só ler aqui propostas da oposição e as razões que a levam ter essas propostas, um simples programa de governo que seja, metas, o que fazer para melhorar isso que eles dizem que está ruim. Se estão ao lado do povo mesmo como estão sempre dizendo e convidando pra conversar...rsrsrsr porque que quando foram governo e digo isso, desde os tempos de Collor, Itamar e FHC-FHC não realizaram pelo menos 10% do que foi feito pelos governos Lula e Dilma, porque não gostam de comparações? Mas é o que o povo em casa faz e compara sim e quando começa a pensar no antes e depois, ele não fica em dúvida, ele aposta na sua vida presente e porque é nessa que ele tem visto ações concretas de democracia social, inclusive com investigações contra a corrupção do país com uma PF livre e com condenações que ele jamais pensou em ver, pois sabe que a oposição nunca promoveu isso no país, pelo contrário, apostou na especulação financeira e no desmonte do Estado em nome de um liberalismo tacanho e acéfalo que nos levou a uma situação de indigência política tendo que reconstruir bases capazes de impulsionar a economia, coisa que os liberais de plantão criticam, mas na hora de colocar o dinheiro privado no mercado pra investir correm ao BNDS para colocar a mão no dinheiro do povo e fazem discursos de empresáios destemidos e probos. Nada pior na sociedade do que a hipocrisia de políticos da oposição. Político cadela que abana o rabo para as vantagens pessoais o Brasil não precisa. 

Seu voto: Nenhum

Blasfêmia

O post me trouxe à memória um italiano que conheci. Ateu mas italiano, ele blasfemava maravilhosamente, e sua blasfêmia preferida era uma linda e extremamente comprida oração, coisa de uns dois ou três minutos. Tudo estava no lugar, com a exceção de que iniciava por "porco dio": tudo o que se seguia, portanto, era blasfemo e quanto mais nossas senhoras e santos e jesuses se acrescentassem mais blasfemo ficava. No caso do post, a frase "enquanto boa parte da militância oposicionista espontânea acertadamente comemorava a prisão dos petistas mensaleiros nas redes sociais" é o "porco dio" do texto. Acertadamente? Comemorava? Ou seja, estamos aqui simplesmente falando da forma, ou da tática mais ou menos inteligente, de mandar a democracia para o inferno. Nessa direção, prefiro "os asnos" - são menos perniciosos.

Seu voto: Nenhum

kkkk

tipo assim:

coloca a saia da carla perez no jacare, passa batom nele e coloca uma peruca.

até aí, sem problema. idiota é quem pensa que a platéia vai acreditar que jacaré de saia é carla perez!

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Del40

kkkk

se EU não posso continuar um boçal elitista, então de nada vale ganhar do PT. seria uma vitória de pirro.

afinal, meu paradigma supremo é o fracassado Henrique Cardoso, bom vinvant de Higienópolois, Tucanolândia, a instância máxima do boçal elitista.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Del40

Não se subestime, srAliança.

Não se subestime, srAliança. Voces da militancia oposicionista na mídia tradicional e na nova tem feito muito. Senão voce por voces não teria segundo turno em nenhuma das tres eleições.

Voces tem tirado leite de pedra. Em 2010 então era para ser de lavada. Um presidente com a popularidade do Lula faz seu sucessor com facilidade. E a eleição foi muito dificil. É claro que voce apelaram para todas as baixarias possíveis. Mas são adversários duríssimos.

Graças a voce, Aliança e demais tucanos da internet e do pig que o PT nao dá uma surra de olhos fechados. O que seria o normal ao comparar os governos FHC com os do Lula. Um que quebrou o país tres vezes, provocando estagnação, desemprego, submissão ao FMI e etc e etc. e outro que retomou o crescimento, deu pleno emprego, pagou a divida externa, aumentou a renda das familias e tirou milhões da miséria.

Uma façanha e tanto, srAliança. Parabéns 

Seu voto: Nenhum

Juliano Santos

imagem de aliancaliberal
aliancaliberal

" FHC com os do Lula" compara

" FHC com os do Lula" compara FHC com Collor, compara Collor com Sarney....

E desonesto comparar governos sem contextualizar cada um com seus desafios com méritos e deméritos.

Seu voto: Nenhum

curiosidade

"Sou reacionário. Minha reação é contra tudo que não presta." 

Quando se olha no espelho, o que acontece?

Seu voto: Nenhum (2 votos)

'Entre a humilhação e a servidão, eu assumo o risco da luta'
José Genoino

imagem de Gão
Gão

Estamos muito bem com essa oposição

  Eu achava que esses manuais eram de mentirinha, propaganda para os indecisos, mas tô vendo que é de verdade , e ao invés de seguirem eles vêm mostar no território inimigo, kkkk.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Parabéns pelo esforço, Nariz

Parabéns pelo esforço, Nariz Gelado, mas por mais perfeita que fosse a campanha da oposição o sucesso pretendido não seria alcançado, porque os candidatos são fracos, estão perdidos, não tem discurso, não tem projetos, estão desacreditados.  O sucesso de Dilma/Lula e do governo se deve em pequena parte à militância, que anda calma demais ultimamente. O sucesso desse governo é resultado de sua competência, de seu esforço por um país verdadeiramente melhor. A aprovação desse governo é resultado da melhoria das condições de vida do povo.

As pessoas que conheço que fazem oposição ao governo, e os comentários que vemos na internet, demonstram grande ignorância, mesmo aqueles que se consideram "elite".  Os e-mails ridículos que eles fazem circular na rede bem demonstram o quanto são fraquinhos, ingênuos, mal informados e raivosos e irracionais.

Seu voto: Nenhum

Demarchi

num acredito

Nariz

A Krica Abu qué-qué

o agente da cuia

o Cornuto Soturno

e agregados tão sabendo disto?

meu mundo caiu

pago pra vê

é fake

sem brincadeias este grupo parte
para todo tipo de agressão

Não acredito nesta auto-critica, alias nem auto-critica é

é apenas um listinha de comportamento para os seus

rottweilers

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

'Entre a humilhação e a servidão, eu assumo o risco da luta'
José Genoino

Quá-Quá-Quá...Quá-Quá-Quá, estais sorrindo eu não posso chorar!

Caraca Aliança, na boa, que divertido!

 

PS: acho que o Leônidas se identificou, lembra dos risinhos ao final de seus comentários? (rs rs)

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Ques as forças maiores me livrem de linchar o devido processo legal

Coisas do Brasil

Eh exatamente por coisas assim que perdem. A forma de tratar o outro é quase sempre de menosprezo. Conheci essa turma e não tenho muita paciência mais. Valeu Aliança, ri um bocado. 

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Bateu

 

É... Bateu um desespero antecipado na direitolândia, texto estranho, não diz coisa com coisa, o que tem de novidade não é útil e o que é útil (para o que ele chama de oposição) não é novidade, ta parecendo mais um lamento antecipado.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Srªs Senadoras e Srs. Senadores, a Transparência Internacional divulgou, nesta terça-feira, a classificação anual dos países mais corruptos do mundo, e a situação do Brasil, sob o império do “lulismo”, só piorou. Demóstenes Torres 08/10/2003

imagem de Mauro Segundo 2
Mauro Segundo 2

Cara, eu vou te dar um

Cara, eu vou te dar um depoimento de Tucano arrependido, através dos meus votos para presidente:

Eu votei em Mario Covas em 1990, porque gostava do " socialismo light" que ele representava, honestidade, mudança sem revolução, ética, etc...não votei no Lula, porque como Regina Duarte, eu tinha medo dele...rs. O PT era contra tudo e contra todos, e tem hora parecia que era contra mim, tal a raiva que transbordava deles. Ele estavam certos, o resto do mundo errado, simples assim.

Em 1994, votei em FHC, porque tinha vivido o período da hiperinflação, e estava em um país sem inflação.

em 1998, votei de novo em FHC, pelas razões acima.

Aí, logo depois das eleições, o dólar disparou, e me pareceu que tinha algo errado, que eu tinha sido enganado. Um amigo tinha um carro financiado em Dólar, e teve que entrar na justiça, porque de repente a dívida dava para comprar quatro carrinhos populares novos em relação ao usado que ele estava em posse. 

Depois FHC começou a ser pressionado, e reagiu da pior maneira possível, ao menos para mim:aposentados eram vagabundos; professores eram preguiçosos; todo mundo com salário congelado enquanto água, luz e telefone, e tudo o mais sempre subia...e  se alguém o questionava, era "nhennhennhen da oposição". Terminou o governo com acusações de corrupção (Sudam é uma coisa que ficou na minha memória), apagão, dívidas, FMI, etc...

Aí resolvi mudar para o Lula, depois que ele renunciou ao radicalismo anterior,  ele foi eleito...mas o que me chamou a atenção foi a inversão dos papéis: de repente  os raivosos, contra tudo e contra todos, os donos da verdade, pretensamente puros, etc, eram os Tucanos e "Democratas". Radicais, só sabem criticar o que o governo faz, o tempo todo, como se fosse possível alguém errar em 100% das vezes. São tão raivosos, que me transformaram num Petista não filiado. Juro, é culpa deles!! Cada vez que recebo um meme com uma mentira no meu facebook, me sinto mais petista. Não gosto de mentiras e injustiças, e me dá muita raiva quando acusam o filho do Lula de Dono da Friboi, de ser Dono da Esalq, etc...cada porcaria desta que recebo, me faz decepcionar com quem compartilhou (quando João me fala de Pedro, aprendo mais sobre João do que sobre Pedro). Como podem ser tão burros de acreditar naquilo, e ter tanta raiva na alma para compartilhar?

As últimas manifestações desumanas sobre Genoíno e Dirceu, por exemplo (quero que morra mesmo, etc), só tem um efeito em mim: vontade de me filiar ao PT, eu que nunca fui filiado a partido nenhum. Porque gente ruim de alma, gente como essa, na minha opinião, não pode ter o poder, e se eu puder, vou evitar que tenham.


Vê portanto meu caro, como os Tucanos perderam minha alma e a jogaram no colo do PT? E quanto mais raiva e ódio eles disseminam, mais eu quero evitar que eles ganhem qualquer eleição.

Porque até aqui, tudo que vejo é que eles querem tirar o PT do poder. Para que? O que eles querem fazer com a Petrobrás? E com o BB? E com a a CEF? E em relação a mídia? Ao direito de resposta? Aos juros? Ao péssimo serviço de telefonia? Ao financiamento de campanha?

Sinceramente, eu não sei, porque tudo que vejo por aí é eles falando que o Governo está errado. Só isso.
Fosse diferente, pode ser que eu não votasse neles, mas pelo menos eles cairiam de pé, com idéias a defender.

Então, essa oposição raivosa e mentirosa das redes sociais, dos parlamentares de oposição e da mídia só tem um efeito: pregar para convertidos, solidificar a posição dos que apoiam o governo, e afastar os moderados que tem medo do ódio disseminado por essa galerinha.

É por isso que vcs perdem, e vão continuar perdendo.

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de aliancaliberal
aliancaliberal

Não existe essa de "nós" e

Não existe essa de "nós" e "vocês", é uma falsa dicotomia, somos todos "nós" junto formando um país.

Eu quero uma bom jogo politico, não uma guerra politica, uma politica honesta, não a pplitica cinica.

 

 

 

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de Gão
Gão

kkk

  é caso perdido, não adianta manuais pra vocês cara, vocês não entendem nada!

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Selma G
Selma G

Pense positivo Aliança. Não é

Pense positivo Aliança. Não é que vão perder mais uma eleição para presidente, simplesmente não vão ganhar. rsrsrrsrsr

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de julio santos
julio santos

  Foi a coisa mais

  Foi a coisa mais inteligente que a aliançaliberal publicou aqui.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Tá, eu vou ser franca.

Tá, eu vou ser franca. A-DO-REI essa postagem; ela é perfeita. Se o pessoal da oposição não quiser aproveitá-la, pode ter certeza, absoluta que euzinha vou usar muito. Valeu, Nariz gelado; isso serve para militantes de todos os partidos, além de tratar a política com o respeito que ela merece e sair do lugar comum, idiota, de que político é tudo igual, que tanto faz quem vença e que nada muda nada, que devemos votar nulo ( sempre digo a esse pessoal que acho ótimo, basta um voto de diferença mesmo que sejam 20. Dou força, dimuniuem-se as filas nas sessões eleitorais pq só vota quem se importa, de fato e aí... é a esquerda ), etc...

Parabéns, pela postagem. Se o momento não fosse tão complicado, certamente, compartilharia no FB. Isso é fazer política.

Seu voto: Nenhum

O importante é aprender a

O importante é aprender a perder para sempre, é ese o caminho dessa oposião "medieval",

se o PT esta longe de ser o "supra sumo"....sem palavras para a oposição. Digo a Demo/ tucana,

as demais ainda  estão na fase " não te quero..mais papai.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de aliancaliberal
aliancaliberal

Gostei do "não te quero..mais

Gostei do "não te quero..mais papai."

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Na boa... tudo é bem mais

Na boa... tudo é bem mais simples. Nas duas últimas eleições o PSDB /mídia nos ofereceu "proibição do aborto" para chegar ao poder com o fim de destruir as políticas sociais inclusivas. Pelo que tenho visto, em 2014 o PSDB/mídia nos oferecerão "maconha livre" com o mesmo propósito. Resumindo: a oposição é coisa de maluco, mano! Tucanos/demonicos não levarão a presidência nas urnas e se tentarem levar a força serão enchidos de chumbo.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.